Lei Seca flagrou 41 com embriaguez durante show na Ceasa

Operação realizada na RJ-130 rebocou carros e apreendeu carteiras de habilitação
terça-feira, 22 de maio de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Operação Lei Seca começou na Avenida Euterpe Friburguense e depois seguiu para a RJ-130 (Foto: Manoella Mello/Detran)

Equipes da Operação Lei Seca abordaram 291 motoristas, destes, 41 com sinais de embriaguez, durante blitz realizada na RJ-130, na última sexta-feira, 18, nas proximidades da Ceasa, em Conquista, onde aconteceu o show de Claudia Leitte na festa do bicentenário de Nova Friburgo. A apresentação da cantora atraiu mais de 30 mil pessoas.

De acordo com o governo estadual, a operação começou à noite e varou a madrugada. Além dos motoristas embriagados, 114 veículos foram multados por irregularidades, 21 rebocados e 32 carteiras de habilitação foram recolhidas pelos agentes. A blitz contou com apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). As informações foram divulgadas nesta segunda-feira, 21.

Ainda na sexta, mais cedo, equipes do Detran e da Operação Lei Seca realizaram uma ação de conscientização para motoristas e pedestres na Avenida Euterpe Friburguense, no Centro. Foi mais uma ação da Operação Maio Amarelo, que faz parte das ações do Detran durante o Maio Amarelo, mês destinado à conscientização sobre as mortes no trânsito.

Durante a ação, 200 motoristas foram abordados e receberam informações sobre o alto índice de mortes e feridos nas estradas, a necessidade de aumentar a segurança no trânsito e o risco de misturar álcool com direção. Também foram distribuídos materiais educativos e fitas amarelas, símbolo do movimento. Este mês, estão programadas 18 blitzes semelhantes no estado.

O motoboy Manoel Natalino, de 49 anos, apoiou a ação. "Adorei essa blitz educativa. Na minha profissão, é fundamental que todos estejam atentos para as leis e para a educação no trânsito", afirmou.

Friburgo: 6ª mais violenta no interior

Nos últimos anos, o número de acidente caiu no estado, segundo o Detran. Em 2016, foram 26.404 acidentes com vítimas. Em 2017, houve uma queda de 22,2%, com 20.535 acidentes, uma média de 1.711 acidentes por mês. O número total de vítimas também caiu de 38.266 para 31.006, 19%. Também houve queda (20,5%) na quantidade de pessoas feridas: 36.364 para 28.885.

No entanto, o número de mortes no local dos acidentes aumentou 11,5%. Este crescimento comprova que os acidentes estão mais violentos e a imprudência dos motoristas maior. Em 2016, 1.902 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito, enquanto em 2017 foram 2.121 mortes, uma média de 177 por mês.

O levantamento de número de acidentes nas cidades do interior do estado mostra as 10 cidades com mais colisões. A campeã foi a cidade de Campos dos Goytacazes, com 478 acidentes, uma média de 40 por mês. Em seguida aparecem: Petrópolis (307), Macaé (223), Teresópolis (221), Araruama (219), Nova Friburgo (214), Rio das Ostras (201), Cabo Frio (195), Saquarema (157) e Volta Redonda (148).

 

LEIA MAIS

Agora obrigatório, simulador aumenta custo para tirar habilitação e assusta futuros motoristas

Esquema de pare-e-siga vai ser adotado para instalação de vigas de concreto no alargamento de duas pontes

Veículos estavam circulando sem o selo de vistoria de 2017

Publicidade
TAGS: Trânsito