Julinho muda hábitos, volta a correr aos 65 e é vice em maratona

Com retorno às competições, atleta passou a se arriscar também em provas fora do estado
sexta-feira, 05 de outubro de 2018
por Vinicius Gastin
Julinho muda hábitos, volta a correr aos 65 e é vice em maratona

A história de Julio César Werly é mais uma daquelas que inspiram. Através do esporte, Julinho, como é conhecido, deixa como exemplos a capacidade de superação e a persistência, aliados à disciplina de quem busca objetivos. A Associação de Corredores Friburguenses, a Ascof, equipe da qual faz parte, foi o instrumento para a transformação, aos 65 anos de idade. Há dois, voltou a correr e já colhe os frutos de toda a dedicação.

 Julinho sempre foi corredor, e entre idas e vindas, voltou a correr. Mas não apenas isso. O atleta friburguense passou por uma mudança completa de rotina, mudou o seu estilo de vida e fez uma reeducação alimentar. Com a boa frequência nos treinos, voltou também a participar de todos os eventos esportivos no Estado do Rio de Janeiro e passou a se arriscar em competições promovidas em outras localidades do Brasil.

No último dia 15 de setembro, por exemplo, Julinho viajou até a cidade de Natal, onde participou dos 21 km da Maratona do Sol. E não só competiu em meio aos mais de milhares corredores, como também conquistou um resultado importante: a segunda colocação na sua categoria, dos 65 anos aos 69 anos, competindo contra outros 24 atletas. Tempo, com o tempo de uma hora, 49 minutos e 21 segundos.

No geral, dentre 1.690 corredores, Julinho alcançou a posição 330, e desta forma, trouxe não apenas o resultado positivo, mas um novo belo exemplo para a cidade e para a associação.

LEIA MAIS

Concentração está marcada para às 19h, com largada às 20h, em frente à Catedral

Inclusão social é uma das características da prova, que tem variados percursos

Prova às 16h deste dia 30 terá boa parte realizada em estrada de terra batida, pela região da Bocaina dos Blaudt

Publicidade
TAGS: corrida