Jornalismo digital e jornal impresso

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
(Foto: Henrique Pinheiro)

NA CONTRAMÃO dos debates a respeito do futuro dos jornais e da mídia impressa de forma geral, a Pesquisa Brasileira de Mídia 2016, realizada a pedido da Secretaria de Comunicação da Presidência da República ao Ibope, mostra que o jornal de papel está mais vivo do que nunca.

O LEVANTAMENTO aponta que os jornais impressos estão na liderança de confiança entre os meios de comunicação. O percentual dos entrevistados que disseram que confiam sempre ou muitas vezes nas notícias publicadas em jornais é de 59%. Rádio e televisão têm 57% e 54%, respectivamente.

O QUE CHAMA atenção é o desempenho do chamado jornalismo digital, quando a credibilidade está em discussão. Mais sedutora aos olhares muitas vezes nada incauto dos leitores, a internet ainda deixa a desejar. Nesse contexto, entrevistados se dizem mais desconfiados, contudo, quando as informações são de sites, blogs e redes sociais.

EM RELAÇÃO AOS sites, 62% disseram confiar poucas vezes no que foi publicado. O índice é de 63% quando a plataforma da rede social é de 54% em relação a blogs. É inegável que a tecnologia tem uma influência muito importante na vida das pessoas, porém existem alguns pontos que precisam ser mais bem analisados.

E É A PARTIR da instantaneidade do jornalismo online que o jornal impresso se consolida como o mais confiável. Como ele só chegará às mãos do leitor no dia seguinte, e embora a notícia já não esteja assim tão fresca, pelo menos ela tem o dever moral e ético de ter sido devidamente apurada e lapidada, graças à internet que já adiantou o serviço. Contudo, essa condição aumenta a responsabilidade do jornal de papel e do papel do jornal.

ACOMPANHANDO a evolução da imprensa, A VOZ DA SERRA vem, ao longo de suas edições, adotando os mesmos padrões que consagram a leitura na internet de inúmeras versões online dos grandes jornais brasileiros. Nossa edição virtual ganha atualidade e se complementa com serviços e soluções adotadas em larga escala por todos os jornais, em todos os países.

A VOZ DA SERRA assinala um novo tempo na imprensa friburguense, que dá um salto qualitativo em seu aspecto visual, sem, contudo, perder o foco para a notícia, que é a nossa matéria-prima. As sucessivas mudanças são o resultado da perseverança e da presença do jornal no cotidiano de Nova Friburgo.

COM TODO o avanço, não abandonamos os princípios que fazem de A VOZ DA SERRA leitura obrigatória na cidade: a informação, a liberdade de expressão e o compromisso com seus leitores. Diariamente, estamos nas bancas da cidade, mantendo a credibilidade e a confiança do friburguense. 

ATRAVÉS DE nossas páginas, estabelecemos um canal com os nossos anunciantes, que escolhem o jornal por sua leitura em todos os segmentos da comunidade e uma distribuição que tem o reconhecimento das agências de propaganda. Quem quer falar com o público friburguense anuncia em A VOZ DA SERRA.

Publicidade
TAGS: