Instituição estadual de ensino sofre sem transporte escolar

Alunos do Ibelga, em Salinas, têm enfrentado muita dificuldade para ir às aulas
quarta-feira, 10 de abril de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
O Centro Educacional Familiar de Formação por Alternância (Ceffa) Rei Alberto I, do Instituto Bélgica-Nova Friburgo (Ibelga) em Salinas (Arquivo AVS)
O Centro Educacional Familiar de Formação por Alternância (Ceffa) Rei Alberto I, do Instituto Bélgica-Nova Friburgo (Ibelga) em Salinas (Arquivo AVS)

 

Nas últimas semanas os alunos do Centro Educacional Familiar de Formação por Alternância (Ceffa) Rei Alberto I, do Instituto Bélgica-Nova Friburgo (Ibelga) em Salinas, distrito de Campo do Coelho, têm enfrentado muita dificuldade para chegar à instituição de ensino. A empresa terceirizada contratada pelo governo do Estado do Rio de Janeiro para realizar o transporte dos estudantes do ensino médio não tem prestado o serviço nos últimos dias e muitos jovens não estão conseguindo frequentar as aulas.

De acordo com um dos estudantes que não quis se identificar o transporte até a escola sempre foi um problema, mas ultimamente, piorou. “A situação está tensa. Eu ainda consigo me virar, mas tem gente que depende desse transporte para estudar e não consegue frequentar as aulas que seguem normalmente.”, disse o aluno.

A escola trabalha com pedagogia da alternância, no qual os alunos frequentam o Ceffa uma semana sim, outra não. Durante toda a semana passada e a atual o transporte terceirizado não funcionou. São adolescentes entre 15 e 18 anos que estão sendo prejudicados. “Tem gente que não vai a aula há semanas. O transporte de uns três anos pra cá ficou muito ruim e nas últimas semanas, inexistente”, disse o aluno.

A VOZ DA SERRA tentou entrar em contato com a Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro, mas até o fechamento desta edição não obteve resposta devido ao ponto facultativo decretado na Região Metropolitana do estado devido às fortes chuvas na capital.

 

LEIA MAIS

Escolas de ensino médio, pré-vestibulares e cursos técnicos de saúde já podem agendar visitas ao laboratório de anatomia

Friburguenses fazem manifestação na praça também contra a reforma da Previdência

Assunto foi discutido em audiência na Câmara Municipal com participação das secretarias de Obras, Educação e Defesa Civil

Publicidade
TAGS: Educação