Incêndio causado por um raio consumiu cerca de 85 hectares em Madalena

Área atingida fica na zona rural da cidade, conhecida como Terras Frias
segunda-feira, 04 de fevereiro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O incêndio no Parque do Desengano, em Madalena (Reprodução da web)
O incêndio no Parque do Desengano, em Madalena (Reprodução da web)

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil conseguiram extinguir neste domingo, 3, o incêndio no Parque Estadual do Desengano, em Santa Maria Madalena. O fogo começou na tarde quinta-feira, 31, por causa de uma descarga elétrica de um raio, que atingiu um morro. Sem chuvas, a vegetação seca alimentou as chamas, que se espalharam, colocando em risco residências próximas e também a área onde é feita a captação de água no município.

A área atingida fica na zona rural da cidade, conhecida como Terras Frias. As chamas, que se espalharam a ponto de serem vistas nas proximidades da RJ-146, foram controladas antes de alcançarem a área do Rio Ribeirão Vermelho, onde é captada a água que abastece boa parte do município.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido. O incêndio consumiu cerca de 85 hectares e o trabalho de combate às chamas levou quatro dias. Equipes da Defesa Civil auxiliaram no trabalho por terra e os bombeiros contaram ainda com apoio de uma aeronave do Grupamento de Operações Aéreas (GOA).

Nesta segunda-feira, 4, os bombeiros continuaram o monitoramento do local, apesar de não haver mais focos do incêndio. De acordo com a avaliação da Defesa Civil, mesmo controlada, a situação na área ainda era instável por conta do calor e da ausência de chuvas. Ainda segundo a Defesa Civil, não chovia no momento da descarga elétrica.

 

LEIA MAIS

Fotógrafo fez o flagrante; soltura desses artefatos, causadores de incêndios florestais, é crime ambiental

Primeiro caso aconteceu em apartamento na Vila Amélia e o segundo, em Duas Pedras

Material descartado pega fogo próximo a área de mato, residências e lojas

Publicidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: fogo