Ilona Szabó e Melina Risso lançam livro em Friburgo

“Segurança pública para virar o jogo” fala sobre prevenção à violência e do papel que cabe ao governo e à sociedade
terça-feira, 11 de setembro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Ilona, Márcio e Melina durante o debate
Ilona, Márcio e Melina durante o debate

Um evento intimista, rico em conteúdo e marcado pela interatividade. O lançamento em Nova Friburgo do livro “Segurança Pública para virar o jogo”, com a presença das autoras, Ilona Szabó de Carvalho e Melina Risso, ocorreu na última quinta-feira, 6, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). “O auditório não lotou, mas a intenção era mesmo a de promover um debate mais próximo das pessoas”, resumiu Ilona. Paralelamente, o lançamento na véspera de um feriadão terminou por contribuir para a formação de uma plateia verdadeiramente interessada, que ouviu atentamente ao debate mediado pelo jornalista de A VOZ DA SERRA, Márcio Madeira, e contribuiu com perguntas.

Além da chance de ouvirem explicações mais aprofundadas a respeito de temas que o livro aborda com bastante objetividade, os presentes também conheceram um pouco do contexto que alertou as autoras a respeito da pertinência de investir na elaboração da obra. “Quando a vereadora Marielle Franco foi assassinada nós fomos à Assembleia Legislativa, e vimos todas as manifestações clamando por segurança, sem a menor noção de como obter esse resultado. Vimos pessoas dizendo que a PM deveria acabar, pessoas que realmente não sabiam o que reivindicar, e ali ficou clara a importância de dar acesso às informações que vêm sendo obtidas e acumuladas através de pesquisas sérias sobre o tema”, explicou Ilona.

Melina Risso também fez uma detalhada explanação sobre a importância da prevenção à violência, da regulação pessoal e do papel crucial que cabe ao governo e a iniciativas pessoais ou comunitárias. O livro “Segurança Pública para virar o jogo” foi publicado pela Zahar e já está disponível nas principais livrarias do Brasil.

LEIA MAIS

Crime teria ocorrido em janeiro deste ano. Suspeito já tinha mandado de prisão preventiva

Dinheiro, drogas, arma e munição foram apreendidos

Homem preso durante ação da P2 já havia sido detido pelo mesmo crime em abril

Publicidade