Hospital Serrano inaugura centro cirúrgico

Novo espaço é composto por salas com aparelhos de última geração e para recuperação pós-anestésica
sábado, 09 de junho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
A área reformada (Divulgação)

O Hospital Serrano deu um enorme passo para a melhoria no atendimento aos seus pacientes. Referência em Nova Friburgo e toda a região, o hospital inaugurou no último dia 29 de maio um novo e moderno centro cirúrgico. Além de três salas equipadas com aparelhos de última geração para a realização de cirurgias, o espaço possui sala para recuperação pós-anestésica e outras salas de apoio.

Para o diretor do Hospital Serrano, Pedro Nazar, o novo centro cirúrgico representa a realização de um sonho. “Estamos muito felizes por  poder entregar esse presente para toda nossa equipe, nossos médicos e, principalmente, para os quase um milhão de habitantes da região serrana fluminense”, disse o diretor.  

Ele destacou ainda o intenso trabalho da nova gestão na busca pela modernização e humanização no atendimento. “O Hospital Serrano necessitava de uma modernização e a região precisava de um centro cirúrgico de ponta, e é isso que pretendemos fazer em todas as alas do hospital. Modernização e tecnologia de ponta, para que possamos aplicar uma medicina avançada e, assim, realizar nosso sonho maior de ter um hospital de excelência”, enfatizou Pedro Nazar.

O Hospital Serrano fica na Rua General Osório, 276, no centro de Nova Friburgo, e conta com estrutura de Pronto Atendimento 24 horas e Centro de Tratamento Intensivo (CTI), com equipes altamente qualificadas e em constante evolução e treinamento. Para consultas em diversas áreas, os pacientes podem contar com um ambulatório completo com mais de dez especialidades diferentes, com uma central de marcação de consultas e recepção exclusiva. Mais informações pelo telefone (22) 2525-7070 ou através do site www.hospitalserrano.com.

 

LEIA MAIS

Ambulância que transportou homem estava em São Pedro e com a maca quebrada

Prefeitura fez seleção de 58 médicos e sete farmacêuticos temporários. Veja a lista aqui

Todas as crianças de 1 a 4 anos, mesmo as já imunizadas, têm que ser vacinadas. Dia D será dia 18

Publicidade
TAGS: saúde