Homem agride família no Floresta e acaba esfaqueado

Suspeito teria tentado atear fogo em casa. No Jardim Ouro Preto, homem ameaça mulher com espada
quarta-feira, 27 de dezembro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Um homem de 40 anos foi esfaqueado por um adolescente de 16, após ameaçar e a agredir a mãe e a irmã do rapaz no Alto do Floresta, no distrito de Conselheiro Paulino, em Nova Friburgo. A confusão aconteceu na noite da última sexta-feira, 22, mas só foi divulgada pela Polícia Militar nesta quarta-feira, 27.

A mulher, de 49 anos, chamou a PM por volta das 20h30 e contou que o companheiro havia ameaçado os filhos dela com uma faca. Com uma garrafa de álcool nas mãos, ele teria ainda ameaçado atear fogo na casa. O homem agrediu as duas mulheres e acabou esfaqueado nas costas pelo rapaz.

Próximo ao imóvel, os policiais encontraram o suspeito caído com os ferimentos nas costas. Ele foi socorrido e levado pelos bombeiros para o Hospital Municipal Raul Sertã. O homem seguia internado na unidade. Com lesões, as mulheres também foram levadas para o hospital. Já o rapaz que esfaqueou o homem, fugiu. O caso é apurado pela 151ª DP.

Briga com espada no Jardim Ouro Preto

Já na madrugada desta terça-feira, 26, um homem de 32 anos foi detido após a ameaçar a mulher, de 29, com um espada durante uma briga, no Jardim Ouro Preto, no distrito de Conselheiro Paulino. Policiais militares da Radiopatrulha foram chamados e apreenderam a espada e levaram o suspeito para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), onde ele foi autuado por ameaça. Ele foi liberado em seguida. A mulher não se feriu.

Mais tarde, ainda segundo a PM, o homem, transtornado, voltou até a casa da mulher, na Rua Epitácio Pessoa, desta vez com uma faca, e tentou esfaquear a vítima. Acionados novamente, os agentes foram ao local e flagraram o homem com a faca. Ele entrou em luta corporal com os policiais e cortou a mão de um de um deles com a faca. O homem foi rendido e levado para a Deam de novo. Lá, ele foi autuado, pela segunda vez, por ameaça e lesão corporal.

 

LEIA MAIS

Cadáver estava no meio da mata, em avançado estado de decomposição

Material havia sido levado junto com um veículo na última segunda, feriado de Natal

Famílias de dono e de caseiro foram feitas reféns e sofreram ameaças

Publicidade
Agora Faz
TAGS: crime