Governo do estado inicia operação de combate à sonegação fiscal

Empresas suspeitas na capital e interior são alvos da Secretaria de Fazenda
terça-feira, 07 de janeiro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Governo do estado inicia operação de combate à sonegação fiscal

A Secretaria estadual de Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ) iniciou esta semana um trabalho de fiscalização para combater a sonegação fiscal em 2020 tanto na Região Metropolitana, como no interior fluminense. A operação Maçarico VIII tem o objetivo de identificar contribuintes suspeitos de simular operações de compra e venda, gerando assim créditos irregulares do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). No ano passado, a Sefaz-RJ realizou 56 ações para combater irregularidades tributárias e promover a educação fiscal junto aos contribuintes.

Nestas empresas, os auditores fiscais da Receita Estadual vão buscar indícios do real funcionamento dos estabelecimentos e da efetividade das operações que geram as notas fiscais. Onde as suspeitas de irregularidades forem confirmadas, as inscrições estaduais serão impedidas preventivamente enquanto correr o processo de cancelamento definitivo. Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, por exemplo, os auditores encontraram uma residência no endereço em que deveria funcionar um comércio varejista de autopeças.

“Em muitos casos, as empresas suspeitas foram abertas recentemente ou estiveram inativas por um longo período e passaram a emitir e receber um grande volume de notas fiscais em um curto espaço de tempo. Além da criação de créditos tributários irregulares, as notas são usadas para outras finalidades ilegais, como sonegação, importações fraudulentas e lavagem de dinheiro”, explicou o superintendente de Fiscalização da Sefaz-RJ, Rodrigo Aguieiras.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: