Goleada contra os canteiros recém-plantados do Suspiro: mudas foram pisoteadas

Jardins serão gradeados para o próximo jogo do Brasil. Replantio começará na terça
sexta-feira, 29 de junho de 2018
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Os canteiros pisoteados após o jogo do Brasil contra a Sérvia (Fotos: Henrique Pinheiro)

O jogo do Brasil contra a Sérvia na Copa da Rússia terminou em dois a zero para o Brasil e sete a um para o descaso de torcedores que pisotearam e destruíram os canteiros, recém-plantados, da Praça do Suspiro. Buscando um lugar para ver a seleção jogar, houve quem pisasse sobre as mudas, o gramado e até sentasse nos brinquedos do parquinho infantil.

Para evitar que os danos se repitam, a prefeitura colocou grades de proteção ao redor dos canteiros para o próximo jogo, que acontece na segunda-feira, 1º de julho, às 11h. De acordo com a administração municipal, os gradis serão posicionados antes de cada partida, conforme o avanço da seleção no Mundial.

Com fotos e vídeos dos flagrantes postadas nas redes sociais (foto), foram vários os comentários sobre a atitude das pessoas que estavam sobre os canteiros. Alguns destacaram também que ação de plantio das flores e plantas atuais aconteceu faz poucos dias: “Uma vergonha a educação do nosso povo brasileiro. Trabalho maravilhoso feito semana passada pelo grupo de empresários e parceiros do Urban Hacking na Praça do Suspiro e as pessoas sem o menor respeito pela coisa pública destroem. Temos muito que mudar”, publicou uma internauta.

O proprietário do Teleférico, Rodolfo Acri, que faz parte do grupo de empresários que acolheram a Praça do Suspiro por meio do projeto “Vamos Florir”, em parceria com a Acianf, também comentou sobre a vandalização dos canteiros. “É uma tremenda falta de edução e também de respeito com a cidade. Até dançaram em cima dos canteiros, destruindo um trabalho que busca melhorar o espaço público do município. Recebemos reclamações também sobre pessoas que subiram nos brinquedos do parque infantil e impediram as crianças de brincar. Por conta disso, para o próximo jogo estamos considerando fechar a área de recreação”, afirmou Rodolfo.

O Sesc, que, por meio da unidade Nova Friburgo, é o responsável pela organização do evento, realizado em parceria com a prefeitura, desde o segundo jogo da seleção, lamentou o ocorrido e informou que, em respeito à cidade e à população, arcará com os custos do replantio nos canteiros danificados. Segundo a instituição, a ação será realizada na próxima terça-feira, 3.

Além disso, segundo o gerente da unidade de Nova Friburgo, Alexandre Couto, para melhor atender a todos que queiram assistir o jogo na praça e evitar problemas como o ocorrido na última quarta-feira, o telão será reposicionado: “Existem alguns pontos cegos, então com o reposicionamento mais pessoas poderão assistir ao jogo das laterais. Vamos também realocar os food trucks, aumentando o espaço embaixo da tenda”.

 

 

LEIA MAIS

Chances de brigar pelo acesso, que já eram remotas antes da partida, ficaram ainda menores

Jogo de volta, dia 22, definirá quem avança às quartas de final da Copa Rio

Tricolor da Serra encara o Bangu, e o primeiro jogo acontece nesta quarta no Eduardo Guinle

Publicidade
TAGS: Copa | futebol