Frizão bate o Sampaio Correa por 2x1 e estreia bem na Taça Corcovado

Equipe serrana conseguiu abrir o placar com apenas cinco minutos de partida
terça-feira, 06 de agosto de 2019
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
A partida sob o frio do domingo
A partida sob o frio do domingo

Apesar do frio em Nova Friburgo, quando Friburguense e Sampaio Correa se enfrentam é garantia de jogo quente, intenso e com emoção. Não foi diferente neste domingo, 4, em duelo que marcou o início da caminhada do Tricolor da Serra na Taça Corcovado, o segundo turno do Campeonato Carioca da Série B1. Se do lado do visitante havia invencibilidade de algumas partidas, no Frizão havia um time cada vez mais encaixado e um Dedé inspirado. O camisa nove marcou dois e o Frizão venceu por 2x1, em jogo com expulsão de Roberto Junior e reestreia de Vitinho pelo clube.

O próximo compromisso do Friburguense é o jogo contra o Gonçalense no próximo sábado, 10, às 10h, no Alzirão.

O jogo

Era a retomada de uma caminhada que, no primeiro turno, teve os seus bons e maus momentos. Depois de um início irregular, o Friburguense parecia ter encontrado o rumo, com o encaixe de peças, entrosamento e crescimentos físico e técnico. E para temperar ainda mais essa receita, o clube já havia trazido Jefinho e Maycon, e no período entre as Taças Santos Dumont e Corcovado, conseguiu repatriar uma peça importante: o meia Vitinho.

Sem poder contar com Jorge Luiz, o técnico Cadão lançou mão do jogador, um dos mais regulares do Tricolor nas últimas temporadas. Vitinho compôs a trinca de volantes com Wellington e Raniel, com um pouco mais de liberdade para chegar ao ataque. E foi pressionando a saída de bola que o Frizão conseguiu abrir o placar logo aos cinco minutos. Toshyia deu o bote em Roberto Junior, Dedé aproveitou para dominar, conduzir até a grande área e bater no canto esquerdo de George.

O Sampaio Correa, com velhos conhecidos da torcida friburguense, tentava forçar o jogo pelo lado direito. E foi por esse setor que surgiu o cruzamento para a cabeçada de Zambi aos oito minutos, à esquerda da meta de Afonso. Com três atacantes o time visitante pressionava a saída de bola do Friburguense, e sem conseguir trabalhar no campo defensivo, os lançamentos se tornaram uma opção. Aos 27, Dedé, Ricardo e Toshyia conseguiram boa trama em rápido contra ataque, mas Roberto Junior impediu a finalização da jogada.

Aos 40, num descuido da defesa, o Sampaio finalizou de longe, Afonso defendeu e Zambi marcou no rebote. No entanto, em posição irregular assinalada pelo bandeira. A brecha no contra golpe que o Tricolor esperava apareceu aos 44: Raniel recuperou e rolou para Bruno, que lançou para Toshyia. O japonês escorou deixando Dedé na boa para avançar e ser calçado na grande área. O próprio Dedé cobrou no canto direito de George para ampliar a vantagem. Antes do intervalo, mais um lance mereceu destaque: Afonso defendeu a cabeçada de Roberto Junior e já lançou Toshyia. O atacante, entretanto, foi obstruído por Henrique, quando ficaria em condições de arrancar para o gol. A torcida pediu o cartão vermelho, mas Pedro Martins mostrou apenas o amarelo.

Segundo tempo

Os dois times voltaram para a etapa final com as mesmas formações e propostas. O Sampaio Correa, em desvantagem, tentava ter a posse de bola, e conseguiu duas faltas na intermediária nos primeiros cinco minutos. Afonso trabalhou na segunda, evitando o gol no canto esquerdo. Pouco depois, Lucas Cunha tentou o pé esquerdo e errou o alvo. De fato, o time visitante foi mais perigoso nos instantes iniciais, mas o Friburguense segurou a pequena pressão, ganhou o meio e aos poucos equilibrou as ações. Aos 13, após cobrança de escanteio, Toshyia bateu de canhota e levou perigo.

Dedé acertaria a trave esquerda de George aos 18 minutos, após mais um contra ataque bem encaixado. Pouco depois, Toshyia fez grande jogada pela direita e levantou para Dedé, que não conseguiu pegar em cheio na bola e errou o alvo. Quando o Friburguense parecia controlar o jogo, o Sampaio conseguiu diminuir com Roberto Junior de cabeça, após cobrança de falta. E foi esse mesmo zagueiro, após dividida mais forte com Jefinho, que recebeu cartão vermelho aos 29 minutos.

Com a vantagem numérica e no placar. Cadão mandou Dieguinho a campo para tentar reter a bola e correr menos riscos. O Sampaio, ainda assim, se mandou para o ataque e foi perigoso, sobretudo na bola alta. Foram cobranças de escanteios e faltas, dando trabalho à defesa e ao goleiro Afonso. Sem contar os seis minutos de acréscimo assinalados pelo árbitro. Prevaleceu o coração tricolor no Eduardo Guinle.

 

Ficha Técnica

Friburguense 2x1 Sampaio Correa

Campeonato Carioca Série B1 2019

Taça Corcovado – 1ª rodada (2º turno)

Estádio Eduardo Guinle, Nova Friburgo-RJ

Público: presentes / pagantes

Árbitro: Pedro Goulart Martins

Assistentes: Flávio Manoel da Silva e Carlos Áquilla da Conceição

Friburguense: Afonso; Bruno Leal, Julio César e Raniel; Diego Ibraim, Damião, Vitinho, Wellington (Jefinho) e Ricardo (Dieguinho); Toshiya (Ziquinha) e Dedé.

Técnico: Cadão

 

Sampaio Correa: George; Léo Fernandes, Yan, Roberto Júnior e Robinho; Maicon Douglas, Henrique (Abner) e Kaká Mendes (Júnior); Sorriso, Zambi (Luã) e Alexandro.

Técnico: Wesley Gonçalves

 

Taça Corcovado – Resultados da 1ª rodada

Barra da Tijuca 0x1 São Gonçalo, Conselheiro Galvão

Tigres do Brasil 2x2 Gonçalense, Los Lários

Itaboraí 1x2 Artsul, Alzirão

Serra Macaense 0x0 Angra dos Reis, Antônio Medeiros

Bonsucesso 4x0 Nova Cidade, Moça Bonita

Duque de Caxias 3x1 Goytacaz, Marrentão

Campos 1x2 Olaria, Ângelo de Carvalho

Serrano 1x2 America, Atílio Marotti

Friburguense 2x1 Sampaio Correa, Eduardo Guinle

 

Jogos do Frizão:

Friburguense 2x1 Sampaio Correa, Eduardo Guinle

10/ago - 10h - Gonçalense x Friburguense, Alzirão

17/ago - 15h - Friburguense x Nova Cidade, Eduardo Guinle

24/ago - 15h - São Gonçalo x Friburguense, Alzirão

31/ago - 15h - Friburguense x Artsul, Eduardo Guinle

04/set - 15h - Audax x Friburguense, Moça Bonita

07/set - 15h - Friburguense x Angra dos Reis, Eduardo Guinle

11/set - 15h - America x Friburguense, Giulite Coutinho

14/set - 15h - Friburguense x Olaria, Eduardo Guinle

18/set - 15h - Goytacaz x Friburguense, Ary de Oliveira

LEIA MAIS

Tricolor da Serra já soma 10 gols em 2 jogos, 6 partidas de invencibilidade e um time cada vez mais maduro na briga pelo acesso

Tricolor da Serra derrotou o Gonçalense por 5 a 2, de virada, na manhã deste sábado

Partida será neste domingo, 4, às 15h, no Eduardo Guinle

Publicidade
TAGS: futebol