Friburguense é campeã brasileira de futmesa na Série Prata

Título, o mais importante de sua história, foi conquistado no último final de semana, em Niterói
quinta-feira, 08 de novembro de 2018
por Vinicius Gastin
Equipe de Nova Friburgo já com a premiação do título: momento histórico para a AFFM / Friburguense
Equipe de Nova Friburgo já com a premiação do título: momento histórico para a AFFM / Friburguense

Do topo do estado para o lugar mais alto do pódio brasileiro. A AFFM / Friburguense conquistou o título mais importante de sua história no último final de semana, em Niterói, ao bater o Flamengo e levar a taça do Campeonato Brasileiro Interclubes de Futebol de Mesa na Série Prata. A equipe formada por Marcus Vinicius, Marcio Pires, Pablo Pereira, Diogo Fernandes e Clóvis Pirica superou o favoritismo dos adversários e recolocou Nova Friburgo em posição de destaque a nível nacional através do esporte.

 “Nós já conseguimos um Brasileiro, mas no individual. Esse foi de equipes, e por isso devemos valorizar ainda mais. É a maior conquista coletiva da nossa história. Na final contra o Flamengo, enfrentamos três atletas que passaram pelo nosso time. Outro detalhe importante é que vários dirigentes declararam a torcida pelo Friburguense. O motivo? Nova Friburgo é a única cidade do interior do Rio que tem futebol de Mesa. As outras Associações encerraram as atividades por conta de dificuldades e falta de apoio. Por isso agradecemos muito à Stam, o nosso patrocinador”, destaca Fernando Cruz, presidente da Associação Friburguense de Futebol de Mesa, destacando que a equipe de Nova Friburgo está federada há 15 anos.

 A12ª edição do Campeonato, na modalidade Bola 12 Toques, foi realizada em um hotel na cidade de Niterói, entre os dias 2 e 4 de novembro. A competição, aberta ao público, reuniu 15 times de cinco estados do Brasil, nas categorias adulto e máster, a última voltada para atletas com mais de 48 anos, com objetivo de fortalecer a atividade como esporte e ensinar o público a jogar.

O torneio foi feito através de rodadas entre os times, divididos em grupos, reservando o último dia para as finais e semifinais, que definiram os vencedores. Na primeira fase o Friburguense estreou com vitória sobre o Fluminense, mas foi derrotado pelo Clube Verde, do Paraná, um dos favoritos ao título, na rodada de número dois. A classificação para a fase seguinte veio com a vitória sobre o Cisplatina, de São Paulo.

Na semifinal, a AFFM começou a escrever mais um belo capítulo ao bater o multicampeão Palmeiras, considerado um dos times mais fortes do Futebol de Mesa do Brasil. Na decisão contra o Flamengo, que havia eliminado o Botafogo, os quatro atletas titulares do Tricolor enfrentaram, de forma simultânea, o quarteto rubro-negro. Cada vitória conta três pontos, e na primeira rodada, o Friburguense venceu por 9x3. Na segunda, por 7x4. A terceira terminou empatada, e na rodada final, veio a derrota por 9x3. No final, 24x21 para o time de Nova Friburgo.

“Estamos muito orgulhosos, e a equipe toda está muito feliz por essa conquista. É uma busca constante, e exige treinamento, esforços e abrir mão de momentos com a família nos finais de semana. Quando você tem uma equipe enxuta, de amigos e consegue uma conquista desse tamanho, não tem preço”, destaca Pablo Pereira.

Um detalhe interessante é que durante o evento foram disponibilizadas ainda quatro mesas para o público aprender a praticar a modalidade com os atletas dos clubes participantes da competição.

“É importante que o público conheça um esporte brasileiro, praticado há mais de 80 anos, que possibilita que todas as pessoas, independente do sexo ou idade, possam jogar juntas, seja entre família ou amigos. Esse é o principal evento entre as modalidades de futebol de mesa no Brasil, reunindo os principais clubes nacionais e campeões mundiais, sul-americanos e nacionais”, destaca Flávio Galvão, um dos organizadores do evento.

A missão do Friburguense não termina com o título brasileiro. Três botonistas da Associação disputam, neste próximo domingo, 11, o Campeonato Estadual Individual, realizado no Departamento de Futebol de Mesa de São Januário. Ao todo são 12 atletas – os melhores do ranking anual – que chegam em condições de buscar a consagração no cenário do Rio de Janeiro. Pablo Pereira, Marcus Vinicius e Clóvis Pereira serão os representantes. No Estadual por equipes, o Tricolor foi vice-campeão, enquanto o Vasco ficou com o título.

Marquinhos em busca do mundo

Além do resultado coletivo, a AFFM / Friburguense pode chegar novamente ao topo do mundo na modalidade 12 Toques através de um de seus botonistas. Marcus Vinicius será um dos integrantes da Seleção Brasileira no Campeonato Mundial, realizado em Lisboa, Portugal. Marquinhos integra o time nacional há cerca de cinco anos, através da pontuação que sustenta no ranking, e já chegou ao topo do mundo na Hungria. Agora, tentará repetir o feito em terras portuguesas.

Na competição por Seleções, o Brasil larga como grande favorito para levar o título mais vez. O time verde e amarelo é considerado como o mais forte do planeta, e salvo alguma surpresa, deve trazer a taça de campeão – embora alguns países tenham evoluído de forma considerável.

Quem quiser praticar o Futebol de Mesa, as atividades desenvolvidas pela Associação Friburguense são gratuitas. Às terças-feiras, os botonistas se reúnem na sede da entidade, localizada na Rua Prefeito José Eugênio Muller, 222, no Centro, e para participar não é preciso ser um expert na modalidade. Basta ter vontade para jogar e ajudar a preservar o interesse por essa tradição, que resiste aos novos tempos e às mais diversas tecnologias.

“Temos até uma premiação. O nosso objetivo é realmente estimular a prática do futebol de mesa. Temos mesas espalhadas em locais diversos. Recentemente colocamos na SEF, Country Clube, Miosótis. Na nossa Associação, é só chegar e jogar”, finaliza Fernando.

 

Publicidade
TAGS: