Friburgo terá duas linhas de ônibus circulares e "Corujão" nos fins de semana

Novo edital do transporte público está disponível a partir desta quinta no site da prefeitura, aberto a críticas e sugestões da população
quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
por Jornal A Voz da Serra

Após meses de trabalho, a Prefeitura de Nova Friburgo concluiu o estudo que formatou o novo modelo sugerido para o transporte público da cidade, que será licitado neste ano. Entre as novidades está a criação de novas linhas circulares. O edital está disponível para consulta pública no site da prefeitura (www.pmnf.rj.gov.br), no link “transporte público”, no menu principal.

O edital estará disponível a partir desta quinta-feira, 17, e aberto a críticas e sugestões da população por meio do formulário.
  
O novo planejamento do transporte público prevê a criação de duas linhas circulares: uma em Conselheiro Paulino e a outra em Olaria.

A de Conselheiro, denominada “Circular Norte”, terá 12,42 km de extensão. O itinerário passa pelas seguintes localidades: Praça Lafayette Bravo, rua José Queiroz, rua Albertino Quadro Gama, rua Matilde Queiroz da Silva, rua Júlio Alves de Amorim, rua Alcindo Alves dos Reis, rua Antônio Suad, rua Atalício Schuatz, rua Júlio Alves de Amorim, rua Matilde Queiroz da Silva, rua Jandira Perlingeiro, rua José Gomes, Ponte do Jardim Califórnia, Av. Gov. Roberto Silveira, rua João Alberto Knust, Praça Lafayette Bravo, rua Joaquim Pereira Bispo, rua Valdir Grativol, rua Evangelista Manoel da Silva, rua Manoel Elias Perroud, av. Aureliano Barbosa Faria, rua Francisco Luís Fernandes e Praça Lafayette Bravo.
 
A outra linha, chamada “Circular Sul”, vai passar por Olaria, seguindo o itinerário: praça 1º de Maio, rua Presidente Vargas, rua Raul Veiga, rua Folly, travessa Folly, travessa São Roque, rua Amapá, rua Francisco Nicolau, rua Uruguaiana, rua Xingu, rua São João de Meriti, rua Presidente Manoel Duarte, rua Piauí, rua Bahia, rua Ceará, rua Maranhão, rua Pará, avenida Julius Arp, Alameda Barão de Nova Friburgo, rua Júlio Antônio Thurler e Praça 1º de Maio. 
 
O novo edital do transporte público ainda prevê a ampliação do "Corujão", que é o ônibus circula na madrugada. As linhas Centro-Theodoro e Centro-Cascatinha vão funcionar até 1h da manhã nos fins de semana.
 
O edital prevê ainda que o município tenha acesso e acompanhe uma central de monitoramento dos ônibus diariamente. Todos os veículos devem ser equipados com GPS para que, a partir da própria sede do município, seja possível conferir em tempo real o cumprimento de horários, linhas e itinerários. Outra novidade é que os veículos adquiridos a partir da concessão e frutos de reajuste tarifário serão revertidos automaticamente ao município, após o término do contrato.

A equipe responsável pela elaboração do documento foi formada por integrantes da Secretaria de Governo, Subsecretaria de Serviços Concedidos, Secretaria de Infra-estrutura e Logística, Secretaria de Gabinete e também da Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana. Com isso, a Prefeitura fez uma economia de mais de R$ 1,7 milhão, já que não foi necessária a contratação de uma empresa especializada.

O povo fala

Nas ruas, a população vê a criação das linhas e a extensão dos horários de ônibus com bons olhos. O desejo, unânime, é de que o serviço melhore, que os horários sejam cumpridos e que o trânsito no centro da cidade seja reduzido.

  • Para Sebastião Bessa, “Olaria é um bairro muito grande, é necessário um veículo que circule lá dentro. É preciso também que os ônibus Olaria x Centro voltem, porque hoje só tem os diretos para Conselheiro”.
  • Waldermar da Silva diz que, “às vezes as pessoas querem circular somente pelo próprio bairro e precisam andar muito porque não tem ônibus circulando em determinados locais. Espero que tenham mesmo essas linhas”.
  • Milton Sérgio Sanchez lembra que o “Cônego e Cascatinha têm muitos restaurantes, então eu penso  muito em quem trabalha por lá e sai tarde. Estender os horários aos finais de semana é uma excelente ideia. Em Mury também tem muitos restaurantes, então não só para quem mora, mas pra quem trabalha nesses bairros, vai ser algo bem positivo”.
  • Nayara dos Santos Coelho e Ana Márcia Tavares: “Se tiver ônibus rodando e circulando no horário certo eu acho legal, porque hoje não há respeito pelo horário. Os ônibus demoram muito. Se isso melhorar, já vai ajudar muita gente”.
  • Para Manoel Andrade, “tudo é uma questão de organização, porque tudo que vem em benefício do povo é bem vindo. É preciso fazer um estudo para saber se essa ideia vai dar certo”.

 

 

LEIA MAIS

Operação Lei Seca na rotatória abordou 173 veículos; 26 foram multados

Encontro servirá para que prefeitura preste contas sobre aproveitamento no edital das demandas apresentadas

Outros pontos do edital de licitação serão discutidos nesta quarta. Encontro é oportunidade para apresentação de propostas

Publicidade
TAGS: Trânsito