Friburgo tem novo Dia D contra sarampo e pólio neste sábado

Longe da meta, campanha de vacinação é prorrogada pela segunda vez em todo o estado
quinta-feira, 13 de setembro de 2018
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
Vírus do sarampo
Vírus do sarampo

Nova Friburgo está entre os 49 municípios do Estado do Rio de Janeiro que estão abaixo da meta de 95% de cobertura vacinal estipulada pelo Ministério da Saúde para a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite este ano. Por esse motivo, a vacinação no município foi novamente prorrogada, agora até o dia 21. Para tentar bater a meta, o município se antecipa e realiza um novo Dia D de vacinação neste sábado, 15.  Neste sábado, os postos de saúde: Sylvio Henrique Braune, no Suspiro; Waldir Costa, em Conselheiro Paulino; e Tunney Kassuga, em Olaria, estarão abertos para vacinação das 9h às 16h.

A prorrogação da campanha pela segunda vez foi motivada pela divulgação, na última quarta-feira, 12, dos dados preliminares do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização sobre os municípios (SI-PNI) e faz parte da nova campanha da Secretaria estadual de Saúde, lançada nesta quinta-feira, 13, para reforçar a importância da imunização durante a infância denominada “Tchau Sarampo, Tchau Pólio”.

Em nota, o secretário de estado de Saúde explicou a motivação da nova campanha: “Decidimos promover esta campanha porque, além de imunizar contra a pólio e o sarampo, queremos chamar a atenção para a importância da vacinação durante a infância. Conseguimos afastar doenças graves no Brasil com a inclusão das vacinas em nosso calendário anual. A vacina continua sendo um método seguro e imprescindível para a proteção de nossos filhos”.

Com a campanha “Tchau Sarampo, Tchau Pólio” ficou definido o encerramento da campanha de vacinação contra o sarampo e a pólio no próximo dia 21 e também a realização de um novo Dia D, no sábado 22, nos municípios que estão abaixo da meta. Contudo, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Friburgo, espera-se que com a realização de um dia de mobilização já neste sábado, 15, e a prorrogação da campanha, o município alcance a meta.

Cobertura em Friburgo está em 79%; meta é 95%

De acordo com as atualizações dos estados, o Rio de Janeiro apresenta cobertura de 78,67% contra a pólio e 79,94% contra o sarampo, dentro da estimativa de 95% do público-alvo, composto por cerca de 812 mil crianças. Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, se a campanha fosse encerrada neste dia 15, como estava previsto, Nova Friburgo teria alcançado 79,1% da cobertura contra o sarampo e 78,1% contra a pólio de um público-alvo composto por 8.481 crianças.

No município cinco unidades de saúde seguem fazendo a imunização: os postos de saúde Sylvio Henrique Braune, no Suspiro; Waldir Costa, em Conselheiro Paulino; e Tunney Kassuga, em Olaria, atendem das 8h às 16h. A Unidade Básica de Saúde José Copertino Nogueira, em São Geraldo, atende às terças e quintas-feiras, das 9h às 16h; e a Unidade Básica de Saúde Ariosto Bento de Mello, no Cordoeira, às terças e sextas-feiras, também das 9h às 16h.

Quem precisa ser imunizado

A vacina contra o sarampo deve ser tomada por todas as crianças com mais de 1 ano, independente da situação vacinal. Já as doses contra a pólio são aplicadas nas crianças de 1 ano e menos de 5 anos. No caso da poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida recebem a vacina VIP (Vacina Inativada Poliomielite). Já os menores de 5 anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, recebem a VOP (Vacina Oral Poliomielite), a gotinha. E todas devem tomar uma dose da vacina Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

 

LEIA MAIS

Promessa foi feita pelo secretário Christiano Huguenin na Câmara Municipal

Requerimento apoiado por 19 dos 21vereadores tem como alvo empresa que fornece alimentação para o Raul Sertã

Subsecretária executiva, Tânia Trilha assume de vez a pasta. Salarini vai para a cadeira de Villas Boas

Publicidade
TAGS: saúde | vacina