Friburgo tem mais um protesto contra a violência contra as mulheres

Atos já aconteceram em São Pedro da Serra e Lumiar; o próximo será em frente ao Centro de Turismo, na Praça Dermeval
segunda-feira, 14 de outubro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Crianças participaram dos atos junto com as mães (Fotos: Reprodução/Facebook e Criativa Filmes)
Crianças participaram dos atos junto com as mães (Fotos: Reprodução/Facebook e Criativa Filmes)

Na última quinta-feira, 10, mais de 200 pessoas se reuniram nas ruas São Pedro Serra, distrito de Nova Friburgo, em um ato pela vida das mulheres e contra a violência doméstica. Intitulado "Basta", o evento foi organizado por um coletivo feminino recém-formado nos distritos de São Pedro e Lumiar. Moradores fizeram faixas e cartazes e caminharam pelas ruas de São Pedro, sob forte emoção. Muitas mulheres clamaram pelo fim da violência, pela denúncia aos agressores, por justiça e por uma política de proteção às mulheres mais efetiva.

A caminhada terminou em frente à loja de Alessandra, onde foram depositadas flores e cartazes. O grupo fez orações.

Outros atos estão programados para este domingo, 13, no distrito de Lumiar, às 17h, na próxima sexta-feira, 18, também às 17h, em frente ao Centro de Turismo, na Praça Dermeval Barbosa Moreira, no Centro.

A morte de Alessandra e Daniela foram os dois primeiros casos de feminicídio registrados este ano em Nova Friburgo, segundo a Deam. No ano passado, não houve ocorrências do tipo no município. Os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) do estado mostram que, em 2018, a delegacia da mulher registrou seis tentativas de feminicídio no município. O último caso consumado havia ocorrido em 2017, segundo o Dossiê da Mulher do ISP. Em 2018, o estado registrou 71 mortes de mulheres causadas por parceiros. 

Veja mais fotos dos atos na galeria abaixo.

 

LEIA MAIS

Primeiro ano do programa Patrulha Maria da Penha/ Guardiões da Vida atendeu, só na região, 268 vítimas de violência doméstica

ISP divulga dados de violência doméstica no primeiro semestre em Nova Friburgo

Violência ocorreu em frente a uma creche, vazia por causa da quarentena

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime | Protesto