Friburgo sedia encontro de gestão de resíduos sólidos

Evento mobilizou órgãos ambientais e secretários de meio ambiente da região
quarta-feira, 12 de junho de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O evento foi realizado no auditório do Senai, no centro da cidade (Divulgação)
O evento foi realizado no auditório do Senai, no centro da cidade (Divulgação)

Foi realizado semana passada em Nova Friburgo o 3º Encontro Técnico sobre Gestão de Resíduos Sólidos e o 2º Encontro Técnico da  Superintendência Regional do Comitê de Bacias Hidrográficas Rio Dois Rios, do Instituto Estadual do Ambiente (Suprid/Inea). O evento ocorreu no auditório do Senai, na Rua Prefeito José Eugênio Müller, no Centro.

De acordo com o Inea, 54 pessoas participaram do evento: secretários de meio ambiente de diversos municípios da região, técnicos municipais e estaduais do meio ambiente; do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea); Embrapa; a concessionária responsável pela coleta de lixo, Empresa Brasileira de Meio Ambiente (EBMA); Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); do Instituto Politécnico da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IPRJ-Uerj); Universidade Estácio de Sá, entre outros.

O evento teve início com a superintendente regional do Inea, Alessandra Assunção, e o membro do Comitê de Bacia Hidrográfica Rio Dois Rios (CBH-R2R), Vicente Bastos Ribeiro. Ao longo da manhã foram realizadas duas apresentações: na primeira, a professora Ana Cristina Fontes Moreira, do IPRJ/Uerj, apresentou aspectos sobre o gerenciamento de resíduos sólidos e também apresentou suas linhas de pesquisa onde seu objetivo é conseguir o reaproveitamento de resíduos das confecções de Nova Friburgo, na incorporação de outros materiais.

Em seguida, as técnicas da Secretaria Estadual do Ambiente, Fernanda Peralta e Érica Spínola fizeram uma explanação sobre os mecanismos relacionados com a gestão de resíduos sólidos que pontuam no ICMS ecológico. A palestra foi esclarecedora para a região, sobretudo, para os gestores municipais.

À tarde, ocorreu a apresentação do coordenador técnico da Suprid/Inea, Leonardo Ivan Debossan, que explicou a estrutura e atuação da superintendência em Nova Friburgo. Também foi apresentada as atividades rotineiras do órgão, como o licenciamento, fiscalização e outorga, dentre outras. Ele ainda falou das parcerias institucionais já estabelecidas e sinalizou que o órgão está com uma política de estabelecimento de parcerias diversas que visem a construção de uma agenda positiva na região. Debossan também afirmou que o Inea está modernizando seus procedimentos e que atualmente todos os processos são iniciados de forma digital.

A palestra seguinte foi ministrada por Alan Marqui, da EBMA, cuja a apresentação teve como tema principal a operacionalização do aterro sanitário de Nova Friburgo. Além dos aspectos operacionais, Alan também mostrou todo o histórico do atual aterro, desde sua construção até o momento atual de sua operação.

Finalizando o evento o gestor ambiental da Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Agevap), Ramon Porto, realizou uma demonstração de como montar uma composteira doméstica utilizando baldes descartáveis. Os participantes demonstraram grande interesse na prática da compostagem e puderam comprovar que é uma atividade que pode ser realizada em qualquer lugar, até mesmo em apartamentos.

 

LEIA MAIS

Comandante do 6º GBM alerta para cuidados ao encontrar um animal silvestre

Segundo a prefeitura, ação será essencialmente de cuidado e prevenção contra possíveis acidentes com pedestres e bens

Saco de lixo de 100 litros não deu conta da sujeira espalhada no trajeto entre Lumiar e São Pedro

Publicidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra