Friburgo ganha nova unidade do Degase, com capacidade para até 50 jovens infratores

Espaço contará com escola, sala de leitura, biblioteca, cursos profissionalizantes, horticultura e aulas esportivas
quarta-feira, 11 de setembro de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)

O Governo do Estado do Rio de Janeiro inaugurou, na manhã desta terça-feira, 10, a primeira unidade de internação do novo Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), em Nova Friburgo. A unidade denominada Antônio Elias Dorea Bastos ,na Rua Ventura Spargolli, no Prado, distrito de Conselheiro Paulino, tem capacidade para abrigar 50 jovens em conflito com a lei e vai atender a Nova Friburgo e demais municípios da Região Serrana. Na ocasião, foi assinado também um termo de parceria que estabelece convênio com a Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), que irá ofertar 200 vagas em diferentes cursos para a nova unidade.

A cerimônia de inauguração contou com a presença de autoridades como o secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes; o secretário Estadual de Cultura e Economia Criativa, Ruan Lira; o presidente da Faetec, Rômulo Massacesi; os prefeitos de Nova Friburgo, Renato Bravo; Bom Jardim e Carmo, Antonio Figueira e Paulo César Ladeira, além de secretários municipais, representantes das polícias Militar e Civil, Sanatório Naval e Corpo de Bombeiros.

O espaço conta com área de aproximadamente cinco mil metros quadrados e é voltado para a internação provisória e acautelamento exclusivo de adolescentes do sexo masculino, com idades entre 12 e 18 anos. A estrutura também contará com o Colégio Estadual Gildo Cândido da Silva, sala de leitura, biblioteca, cursos profissionalizantes, horticultura, aulas de jiu-jitsu, basquete, futsal e oficina de xadrez. O Degase atende às normas do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), e os internos deverão ser separados por critérios de idade, compleição física e gravidade da infração cometida.

“A unidade vai possibilitar não só a melhoria no atendimento aos internos, como também irá facilitar a presença dos familiares nas visitas, em reuniões com os professores da escola estadual que vai funcionar na unidade exclusivamente para atender os adolescentes, além de participar de encontros com as assistentes sociais de referência dos jovens. Tenho plena convicção que esta unidade servirá de modelo para as demais unidades de internação do Estado”, projetou Márcio Rocha, diretor geral do Degase.

“Nova Friburgo é uma cidade de instituições sérias. Temos que destacar o importante trabalho de ressocialização que será realizado aqui, dando uma nova oportunidade aos jovens. E nós podemos conduzir isso de uma forma que todos possam desenvolver ações conjuntas. A parceria é a solução para a melhoria da qualidade de vida que buscamos a todo o instante. E essa nova unidade do Degase é um exemplo de parcerias bem sucedidas”, afirmou o prefeito Renato Bravo.

Convênio com a Faetec

O Degase e a Faetec assinaram um termo de parceria que irá beneficiar todas as unidades de internação com cursos profissionalizantes. O convênio inicia com a oferta de 200 vagas para a nova unidade de Nova Friburgo, com o objetivo de preparar os adolescentes para retornarem ao convívio com a sociedade. O intuito é dar condições para que eles conquistem uma vaga no mercado de trabalho ao saírem da instituição.

Serão ofertados cursos de auxiliar de eletricista e instalador predial de baixa tensão, empreendedorismo, pacote office, windows, redes sociais e tecnologias digitais de informação e comunicação. Além dos cursos da Faetec, o Degase também oferecerá aos menores internos curso de teatro, promotor de vendas, vendedor, pintor de obra, encanador e carpinteiro.

“O objetivo da Faetec é muito claro: formatar uma grade curricular num tempo adequado à formação desses adolescentes. E hoje isso está se materializando aqui em Nova Friburgo. Esse é, sem dúvida nenhuma, um divisor de águas na história da socioeducação do Estado do Rio de Janeiro”, declarou Rômulo Massacesi, presidente da Faetec.

“É imprescindível que o menor que cumpre medida socioeducativa ser preparado para ingressar no mercado de trabalho para que não volte a cometer crimes, e é através dos cursos profissionalizantes e da cultura que vamos tornar isso possível, fechando com sucesso esse ciclo de ressocialização”, disse Pedro Fernandes, secretário estadual de Educação.

Além da assinatura do termo de parceria, também será inaugurada na unidade a sala de leitura do Centro de Socioeducação (Cense) de Nova Friburgo em parceria com a Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa. “Vamos fazer com que esses jovens busquem também através da leitura uma construção melhor como indivíduo e assim possam sair daqui melhores do que entraram. É muito importante que o estado se faça presente com políticas públicas voltadas para a área educacional e cultural, de modo que a  possamos virar o jogo por métodos mais criativos, mais humanos”, declarou Ruan Lira, secretário estadual de Cultura e Economia Criativa.

 

LEIA MAIS

Homem foi detido por policiais em uma agência de veículos na cidade

Criança estava indo a mercearia em São Geraldo quando aceitou carona de moto de conhecido da família

Ninguém foi preso e o caso foi registrado na Deam de Friburgo. Suspeito disparou 3 vezes

Publicidade
TAGS: crime