Flagrado com cocaína tentou subornar PMs com R$ 50 mil, mas foi preso

Com ele foram apreendidos 130 pinos de cocaína e R$ 100 em dinheiro
quinta-feira, 12 de dezembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O material apreendido (Foto: 11 BPM)
O material apreendido (Foto: 11 BPM)

Um homem de 31 anos foi preso na última terça-feira, 10, acusado de tráfico de drogas, na Rua Olinda Shangrila, no bairro Chácara do Paraíso. A ação foi conduzida por policiais militares que estavam de folga, com apoio do Grupo de Ações Táticas (GAT) do 11º BPM. Com ele foram apreendidos 130 pinos de cocaína e R$ 100 em dinheiro.

Segundo informações passadas pelo comando do 11º BPM, policiais militares de folga receberam a informação de que um homem sairia do bairro Jardim Ouro Preto, no distrito de Conselheiro Paulino, sentido bairro Chácara do Paraíso, com uma carga de 80 pinos de cocaína no valor de R$ 50 cada. Minutos depois os PMs avistaram um veículo com as mesmas características passadas na denúncia.

Em abordagem ao veículo, foram encontrados 90 pinos de cocaína com o acusado. Ao ser questionado, ele admitiu que possuía mais 40 pinos da droga enterrados e apontou o local exato para os agentes, que fizeram a apreensão do restante do material entorpecente.

Ainda segundo o comando do 11º BPM, na tentativa de se livrar do flagrante, o homem de 31 anos chegou a oferecer R$ 50 mil para que a equipe policial o liberasse. Diante dos fatos, o acusado e a droga apreendida foram encaminhados para a 151ª DP, onde o caso foi registrado. O acusado foi autuado por tráfico de drogas e corrupção ativa, por tentar subornar os PMs.

 

LEIA MAIS

Operações, do início de manhã até a noite, resultaram na prisão de três homens e na apreensão de farta quantidade de cocaína e maconha

Ações do 11º BPM ocorreram nos bairros Catarcione, Curral do Sol e Centro

Cocaína e maconha foram apreendidas nas ruas Francisco Nicolau e Piauí

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: tráfico