Festival de Inverno é alternativa para aquecer o frio na cidade

Programação diversificada traz exposição e shows com bandas de sucesso em épocas passadas, como Azimuth
quinta-feira, 12 de julho de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Azymuth: sucesso nos anos 80

 

O Festival de Inverno de Nova Friburgo continua nesta quinta-feira, 12,  com uma programação diversificada que promete agradar aos mais variados públicos. As atrações são boas opções para moradores e turistas e acontecem em espaços públicos e teatros, com entrada franca. Um dos destaques de hoje é o projeto Música na Rua, que leva todos os dias do festival atrações variadas à calçada da Avenida Alberto Braune, sempre às 13h. Neste mesmo horário os portões da Fundação Dom João VI se abrem para visitação à exposição Cores da Cidade que reúne diferentes imagens de Nova Friburgo captadas pelas lentes e a sensibilidade de fotógrafos filiados à Sociedade Fotográfica do município. A visitação pode ser feita até as 19h.

Já no Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura, na Praça do Suspiro, às 19h, tem apresentação da Banda Tócaz. O grupo tem como marca o improviso jazzístico e a imprime em vários estilos da música brasileira como o funk, o rock e blues.

A grande atração da noite ficará por conta da Banda Azimuth, às 20h30, também no Teatro Municipal. Com músicas majoritariamente instrumentais, variando desde o samba até o funk, numa espécie de jazz fusion, a banda constitui-se num estilo chamado pelos integrantes de "samba doido". Seus principais sucessos são "Linha do Horizonte", "Melô da Cuíca" e "Voo sobre o Horizonte" - no Brasil -, além do grande sucesso internacional "Jazz Carnival".

A Azimuth, formada em 1973 na cidade do Rio de Janeiro por José Roberto Bertrami, Alex Malheiros e Ivan Conti tem diversas influências. O trio obteve moderado sucesso com sua carreira no Brasil até que os integrantes se mudaram para os Estados Unidos iniciando uma carreira internacional longa, eclética e de sucesso durante os anos 80.

Agora eles “voltaram a boa forma”, impulsionados pelo estouro do Acid Jazz e um renovado interesse pelo seu trabalho. Em 2012, com a morte do tecladista Bertrami, o grupo continuou suas atividades com Fernando Moraes em seu lugar.

Sexta-feira, 13

Esta sexta-feira é dia 13. E de mau presságio não tem nada, afinal sexta é “Dia de Rock, bebê”. E o esquenta para o fim de semana vem em grande estilo no Festival de Inverno de Nova Friburgo com Marcelo Caldi, às 20h, no Teatro Municipal. Mais tarde, para homenagear a data que consagrou lendas como Led Zepelin, Black Sabbath, Guns N’ Roses, entre outras bandas de rock, tem Expresso Santiago e logo depois às 23h, Banda Zero, no anfiteatro da Praça do Suspiro (atrás do Teatro Municipal).

A Banda Zero, surgiu das raízes do Ultimato (anteriormente conhecido como Lux), uma banda de punk jazz/no wave instrumental formada em São Paulo em 1978 (e rebatizada para Ultimato em 1981) por Fabio Golfetti, Alberto "Beto" Birger, Cláudio Souza, Gilles Eduar e Nelson Coelho. O futuro e atual vocalista Guilherme Isnard, que recentemente havia deixado sua banda anterior, o Voluntários da Pátria, foi introduzido ao Ultimato por seu amigo Luiz Antônio Ribas, dono da extinta gravadora independente Underground Discos e Artes; Isnard então decidiu-se juntar à banda, e conversou com seus integrantes sobre acrescentar letras às suas canções. Seu estilo musical acabou por mudar para um "art rock com pegada hardcore" e em 1983 se reorganizaram como Zero. Seu primeiro lançamento foi o single "Heróis", que saiu pela CBS Records em 1985. A banda Zero vai se apresentar com Guilherme Isnard — vocais, Vitor Vidaut — bateria, Yan França — guitarra e Jorge Pescara — baixo e touchguitar.

O Festival de Inverno vai até a próxima terça-feira, 17, e é organizado pela Prefeitura de Nova Friburgo e os institutos Dell’Art e Stretto com o apoio do Ministério da Cultura e Nova Friburgo Country Clube. Confira a programação completa no site www.pmnf.rj.gov.br.

LEIA MAIS

Serão 5 horas de festa com música dançante, cantora do The Voice e bufê sem parar

Fim de semana terá poucos períodos de sol e temperatura permanece baixa

Noites frias pedem um prato quente

Publicidade
TAGS: festival | inverno