Festa da Flor do Lúpulo traz destaques para diversas aplicações do produto

Além das cervejarias, produção regional também tem como foco a indústria farmacêutica
sábado, 27 de abril de 2019
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
Programação inclui palestras sobre plantio, produção, comercialização e utilização do lúpulo (Fotos: Paula Valviesse)
Programação inclui palestras sobre plantio, produção, comercialização e utilização do lúpulo (Fotos: Paula Valviesse)

Os primeiros passos foram dados. Na Região Serrana já são pelo menos quatro plantações de lúpulo, uma delas inclusive vem ganhando destaque no distrito de Amparo, em Nova Friburgo. A abertura desse mercado, que começou com alguns entusiastas da produção de cervejas artesanais, agrega atualmente pesquisadores e engenheiros agrônomos, com participação direta da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) em um grupo de trabalho que busca fomentar a produção do lúpulo local.

O estímulo a essa produção parte também da Associação Comercial Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf), que organizou a 2ª edição da Festa da Flor do Lúpulo, evento que aconteceu no último fim de semana, contando com palestras técnicas sobre o plantio, produção, comercialização e utilização do lúpulo, feiras com produtos derivados e oficinas gastronômicas, além da visitação a produtores de mudas e plantações já instaladas na região.

Para o presidente da associação, Júlio Cordeiro, a compreensão de que a produção de lúpulo tem muito potencial e que, com o devido investimento e trabalho, a região pode vir a se tornar referência neste tipo de cultivo é importante para garantir o estímulo de pesquisas e inovação: “Nós entendemos que é uma cultura que tem um potencial muito grande de desenvolvimento, com aplicações não só na indústria cervejeira, mas também na farmacêutica, cuja matéria prima é praticamente 100% importada atualmente. Então esse evento tem como uma das suas finalidades, divulgar essa cultura para mais pessoas e fomentar o desenvolvimento dessa produção”, afirma Júlio.

Impulsionado pela produção de cerveja artesanal, que já permitiu a criação de polos cervejeiros em Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis, o plantio do lúpulo na região é bastante promissor na visão do presidente da Acianf. “As primeiras plantações na nossa região estão se firmando bem, temos entre três e quatro produtores e vamos dar continuidade a esse projeto experimental”, diz Júlio.

O projeto em questão é uma forma de analisar o crescimento e o estabelecimento das plantações de lúpulo locais. Segundo Júlio, existe um grupo de trabalho que pretende avaliar esse mercado, acompanhando os investimentos feitos por pelo menos oito pequenos produtores: “É uma cultura que vai demorar entre três e quatro anos para alcançar seu ápice, portanto, a partir desse momento vamos lançar um projeto experimental para uma melhor avaliação, porque é tudo muito novo, inclusive para os técnicos e engenheiros agrônomos que estão acompanhando esse processo”, explica.

Quem também esteve no lançamento da festa e se mostrou animado com o futura da produção do lúpulo local foi o prefeito Renato Bravo. Para Bravo, o pioneirismo deste empreendimento estimulará não só o turismo, como também a abertura de novas oportunidades de emprego e renda para a cidade:

“Esse é mais um produto na cadeia produtiva da nossa economia, que já possui muitos destaques. Esse é um mercado que, prosperando, vai atrair muitos investidores locais e também de fora. Ainda estamos em um momento de descoberta, avaliando como o produto se adapta à região, mas quem sabe daqui um cinco a dez anos o lúpulo regional não poderá estar atendendo o mercado nacional?”, questiona Bravo.

A 2ª edição da Festa da Flor de Lúpul, vale destacar, foi realizada com apoio da Associação dos Amigos e Moradores de Amparo (Assamam); Cervas;  Beer Alliance; Confraripa; Acerva; Sebrae; Emater Rio; Embrapa; Prefeitura Municipal; Nova Friburgo Country Clube; e Rede Lúpulo Serra Fluminense. 

LEIA MAIS

Programação inclui também visitas à produção em Amparo e cervejarias artesanais

Evento será realizado no Nova Friburgo Country Clube, mas também será possível visitar produção em Amparo

Publicidade