Festa da Cerejeira deve reunir cerca de 3 mil pessoas neste fim de semana

Sítio dos Matsuoka deve receber excursões de várias cidades do estado e de Minas Gerais
sábado, 21 de julho de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Cerejeiras em flor no sítio dos Matsuoka: fenômeno de duas semanas, apenas (Foto: Divulgação)

No próximo final de semana acontece mais uma edição da Festa da Cerejeira (Hanami), no sítio da família Matsuoka, em Florândia da Serra, a 4km de Conquista, no distrito de Campo do Coelho.

Organizada por membros da colônia japonesa de Nova Friburgo, a Festa da Cerejeira é baseada no Hanami (que em português significa, literalmente, “contemplar as flores”). No Japão são muito populares as festas para a contemplação da sakura, como é chamada a cerejeira em flor. Lá o fenômeno acontece entre os meses de março e maio. Aqui, a floração começou há cerca de uma semana.

A Festa da Cerejeira é uma ótima oportunidade para conhecer e apreciar a cultura japonesa.

De acordo com a organização do evento, haverá várias apresentações como o YOSAKOI SORAN, BON-ODORI. Os visitantes poderão saborear os tradicionais yakisoba, sushi, sashimi, tempurá, entre diversas outras opções e ainda participar de vários sorteios.

A festa começa às 10h e vai até as 16h, tanto no sábado quanto no domingo. A entrada custa R$ 7. As barracas vão aceitar preferencialmente dinheiro, mas aceitarão cartão em caráter experimental.

Um dos organizadores do evento, Peter Nagatsuka espera que a edição de 2018 seja ainda melhor do que a dos anos anteriores. “Pelo segundo ano consecutivo, vamos fazer a festa em dois dias. Foram muitos pedidos para que ampliássemos o evento e estamos nos estruturando dentro do possível”.

São esperadas cerca de três mil pessoas, nos dois dias. Segundo Nagatsuka, somente na página do Facebook, mais de dez mil pessoas visualizaram as informações do evento e manifestaram interesse. “Estamos buscando apoio da prefeitura para ajudar na parte da logística, mas até agora temos feito tudo por nossa conta. Além dos friburguenses, pessoas que moram na Região dos Lagos, cidades vizinhas como Teresópolis e Petrópolis, além de cidades de Minas Gerais são esperadas”.

História

A flor de cerejeira é símbolo nacional no Japão, onde é chamada de sakura. Diz a lenda que uma princesa caiu do céu perto do Monte Fuji, transformando-se nessa flor.

A cerejeira floresce apenas uma vez por ano, quando há uma elevação de temperatura após uma onda de frio intenso. A floração costuma durar apenas duas semanas. Por isso é considerada, no Japão, a flor sagrada dos samurais, que através dela se lembram de como a vida pode ser efêmera.

No Brasil, os primeiros exemplares de cerejeira foram plantados no início do século XX, por iniciativa do povo japonês, que presenteou várias nações com as mudas, como prova de amizade. Por esse motivo, a cerejeira também simboliza fraternidade.

Avisos da organização:

  • Não haverá área destinada para estacionamento, sendo permitido pelo proprietário do sítio parar o veículo na propriedade, ressalvando-se da responsabilidade por danos ao mesmo ou por objetos deixados no interior do veículo. Veículos maiores terão dificuldades de transitar, manobrar e estacionar.

  • Devido ao grande número de visitantes, não haverá cadeiras/mesas suficientes para o conforto de todos. Assim, para melhor se acomodar durante a festa, cada um deve levar seu equipamento (cadeira, mesa, banquinho, esteira, toalha etc.)

  • Por ser uma área rural, o local torna-se difícil para pessoas com restrições para se locomover. O local não tem pavimentação, o relevo é acidentado, com subidas e descidas acentuadas e possibilidade de deslocamentos de até 2km a pé.

  • As linhas de ônibus urbanos do Centro até a proximidade da festa são: Barracão dos Mendes, Salinas, São Lourenço e Fazenda Rio Grande/Florândia da Serra.

 

LEIA MAIS

Durante mais de 70 horas, LumiAR-TE promoverá mais de 35 atividades gratuitas, reunindo talentos locais

Evento atraiu 200 grupos de excursão e quantidade de derivado do cacau produzida chegou a 4,5 toneladas

Serão 5 horas de festa com música dançante, cantora do The Voice e bufê sem parar

Publicidade
TAGS: evento | festival