Febre amarela: postos abrirão ao mesmo tempo para vacinar

Unidades do Centro, Olaria, Conselheiro, Cordoeira e São Geraldo atenderão juntos a população, em determinados dias
quarta-feira, 07 de fevereiro de 2018
por Adriana Oliveira
Foto de capa

Após a confirmação de seis casos de febre amarela, que resultaram na morte de três pacientes neste início de ano, a Secretaria municipal de Saúde de Nova Friburgo decidiu ampliar o atendimento nos postos para reforçar a campanha de vacinação contra a doença. O objetivo é ter mais locais para cobrir toda a cidade com a imunização.

A partir desta quinta-feira, 8, até o dia 23, os postos do Centro, Olaria, Conselheiro, Cordoeira e de São Geraldo estarão abertos ao mesmo tempo, atendendo a população das 9h às 16h. Antes, cada um abria determinado dia da semana, obedecendo a uma escala.

O cronograma de abertura conjunta é o seguinte, neste mês de fevereiro:

  • 8 (quinta-feira)
  • 9 (sexta-feira)
  • 15 (sexta-feira)
  • 16 (sexta-feira)
  • 19 (segunda-feira)
  • 20 (terça-feira)
  • 21 (quarta-feira)
  • 22 (quinta-feira)
  • 23 (sexta-feira)

Como rotina, a  imunização continua acontecendo normalmente no posto de saúde Waldyr Costa, em Conselheiro Paulino, às segundas;.às quartas no Posto Sylvio Henrique Braune, no Suspiro; às quintas no posto Copertino Nogueira, em São Geraldo; e às sextas no posto Ariosto Bento de Mello, no Cordoeira, e  no Tunney Kassuga, em Olaria.

Em todo o Estado do Rio, estão confirmados 50 casos de febre amarela neste início de ano, com 23 mortes - o que demonstra a alta letalidade da doença. Os mais recentes casos confirmados (2) e o mais recente óbito (1) aconteceram no município de Valença. 

Segundo a Secretaria municipal de Saúde, as três vítimas fatais em Friburgo foram:

  • Um homem de 50 anos, morador do bairro Nova Suíça, que, por ter histórico de doenças, não obteve recomendação médica para ser vacinado.
  • Marlon Dutra, de 21 anos, morador de Riograndina, que costumava fazer trilhas de moto pelas matas
  • Uma idosa de 65 anos, moradora da Chácara do Paraíso, que estava internada num hospital particular.

Nenhum dos três tomou a vacina - o rapaz porque não quis, e os mais velhos, por problemas de saúde que os impediram de se imunizar. De todo o estado, Valença foi o município que registrou até agora mais casos confirmados (16, com 7 mortes), seguido de Teresópolis (7 casos, 4 mortes). Nova Friburgo aparece em terceiro lugar (6 casos, 3 mortes).

A Secretaria estadual de Saúde ainda acompanha o caso de um outro idoso, de 75 anos, morador de Copacabana, no Rio de Janeiro, que pode ter contraído febre amarela em Friburgo, onde costuma passar fins de semana. A secretaria informou que os boletins diários com números sobre a doença foram suspensos e serão retomados após o carnaval.

 

LEIA MAIS

Ação vai acontecer nesta quinta, em 4 locais; município terá mais um Dia D de imunização: 3 de março

Onze seguem em investigação; quatro macacos também foram encontrados mortos na cidade

Principais postos de saúde de Friburgo disponibilizarão doses simultaneamente até a próxima semana

Publicidade
Agora Faz