Família reconhece roupa de um dos corpos encontrados no Cônego

Polícia Civil pediu exame de DNA para confirmar identificação da vítima
quarta-feira, 21 de dezembro de 2016
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Parentes de um jovem desaparecido em Nova Friburgo reconheceram as roupas dele entre os materiais recolhidos por policiais militares em uma mata onde dois corpos foram encontrados na última segunda-feira, 19, no Cônego, em Nova Friburgo. Segundo a Polícia Civil, a família pediu à Justiça autorização para sepultar o corpo, enquanto aguarda a confirmação da identificação por exame de DNA.

“Eu pedi três exames de DNA, desde que os corpos foram encontrados, para tentar identificá-los com base nos registros de pessoas desaparecidas. Os corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) e podem ser enterrados após a coleta de material para os exames. Um corpo foi identificado por familiares a partir das roupas que usava, mas é preciso aguardar a confirmação. O outro também não foi identificado”, disse o delegado 151ª DP, Mário Arruda.

Os dois corpos foram encontrados pela PM, em estado avançado de decomposição, depois que um morador do bairro nobre sentiu um cheiro forte no local. A Polícia Civil fez perícia na mata e os corpos foram levados para o IML. Os laudos devem ficar pronto em até 30 dias e vão esclarecer a causa das mortes e ajudar os investigadores da Delegacia Legal a elucidar o caso. A polícia está trabalhando com a hipótese de homicídio. 

LEIA MAIS

Polícia ainda não identificou vítimas devido ao estado avançado de decomposição dos corpos

Ele foi ouvido pela polícia e foi liberado porque não houve flagrante do crime

Corpo foi encontrado dentro de casa. Suspeito é procurado pela polícia

Publicidade
TAGS: assassinato