Fábrica de cimento de Cantagalo faz acordo com o MP

Votorantim vai adotar medidas de proteção ao meio ambiente e desenvolver planos contra desastres
segunda-feira, 24 de abril de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Fábrica de cimento da Votorantim em Cantagalo (Foto: Google)

A fábrica de cimento da Votorantim, em Cantagalo, se comprometeu a tomar medidas para a proteção do meio ambiente no distrito de Euclidelândia, onde está localizada. O termo de compromisso foi assinado no dia 11 com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), mas só foi divulgado no último sábado, 22.

Entre as medidas, a cimenteira vai reutilizar a água na produção, aprimorar o sistema de monitoramento das emissões de gases oriundos das chaminés dos fornos e implantar melhorias na estação de qualidade do ar no entorno da fábrica. O acordo prevê também a elaboração de planos de contingência e emergência para desastres e áreas contaminadas.

O termo foi firmado pelo Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente (Gaema) do MPRJ. A Votorantim assumiu o compromisso de criar um Grupo de Trabalho, com a participação do Grupo de Apoio Técnico Especializado (Gate/MPRJ), do Comitê de Bacia Hidrográfica e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), para elaborar medidas compensatórias para a qualidade ambiental da região.

O MPRJ informou em nota que vai provocar as outras duas fábricas integrantes do polo cimenteiro de Cantagalo: uma pertence à CRH (antiga fábrica da Holcim) e outra à LafargeHolcim (que se fundiram em 2014), para que adotem medidas convergentes e sinérgicas àquelas adotadas extrajudicialmente pela Votorantim.

LEIA MAIS

Vereadores de oposição procuraram as representações estadual e federal do órgão esta semana

O imóvel é um prédio novo, com seis andares e facilidade de acesso para o cidadão

O MP enviou carta ao jornal se manifestando sobre informações que vem sido veiculadas sobre

Publicidade
Agora Faz
URL da notícia: