Evento em Petrópolis nesta terça discute soluções para o turismo na Região Serrana

Palestra de ex-prefeito Pedro Bertolucci aborda “case” de Gramado, que virou potência do setor
segunda-feira, 11 de junho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Gramado: "case" de sucesso

O Palácio Quitandinha, em Petrópolis, sedia nesta terça-feira, 12, o primeiro encontro regional do Comitê Técnico Setorial sobre o turismo na Região Serrana. Parte de um amplo programa voltado para o desenvolvimento das vocações do Estado do Rio, os comitês regionais têm o objetivo de abrir o diálogo e entender  as demandas locais.

O Comitê Técnico Setorial pretende aproximar o Senac-RJ de representantes do turismo na Região Serrana, identificar desafios, tendências, necessidades e sugestões desse mercado e reunir subsídios para o desenvolvimento de cursos e projetos educacionais alinhados às demandas dos empresários e da sociedade. A diretora do Senac-RJ, Ana Cláudia Martins, ressalta que esse encontro será o primeiro diálogo na Região Serrana dentro de um programa mais amplo voltado para o desenvolvimento do turismo no estado.

No encontro, o ex-prefeito de Gramado (RS) Pedro Bertolucci vai ministrar a palestra “Caminhos para o turismo”, abordando a trajetória da cidade gaúcha que, em menos de 30 anos, deixou de ser uma pacata localidade de descanso para se transformar em um dos principais destinos turísticos do país. A experiência e as soluções encontradas podem ser inspiração para políticas de incentivo ao turismo em cidades de porte semelhante, como Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.

O encontro do Comitê Técnico Setorial começa com a participação do interventor do Senac-RJ, Luiz Gastão Bittencourt.  Constituído por representantes de empresas, associações de referência, sindicatos patronais e de trabalhadores, membros da sociedade civil, do meio acadêmico e de instituições de pesquisa, ciência e tecnologia, além de especialistas do próprio Senac-RJ, o Comitê Técnico Setorial é uma ferramenta de escuta do mercado acerca das demandas do mundo do trabalho, da sociedade e dos diversos setores atendidos pela instituição.

Com PIB de R$ 24 bilhões, 3,6% do PIB do estado, a Região Serrana tem no turismo histórico e ecológico uma de suas principais atividades. O fluxo expressivo de turistas contribui para o desenvolvimento de outras atividades como comércio de rua, bares, restaurantes, pousadas e hotéis. De acordo com informações do Ministério do Trabalho, a região tem 22,3 mil estabelecimentos do comércio de bens, serviços e turismo. Dos 182,6 mil empregos formais na região, 72,2 mil (39,6%) são em atividades ligadas ao esse setor.

Segundo dados do Senac RJ, o setor turístico emprega mais de 300 mil profissionais fluminenses, em diversas ocupações, como camareiros e recepcionistas de hotel, agentes de viagem, entre outros, além de gerar renda para profissionais autônomos como guias turísticos e motoristas.

Veja a programação:

Local: Salão das Convenções do Palácio Quitandinha (Av. Joaquim Rolla, n º 2 – Quitandinha – Petrópolis – RJ)

Horário: 8h às 13h

8h - Welcome Coffee

8h30 - Abertura: Diretoria Regional Senac RJ

8h40 - Marcelo Valente - Secretário de Turismo da cidade de Petrópolis

8h50 - Palestra: Caminhos para o turismo – Pedro Bertolucci – Benchmarking - Cidade de Gramado

10h30 – Coffee Break

11h – Atividade: Proposta de portfólio de Turismo, Hospitalidade e Lazer para a Região Serrana

13h - Encerramento

 

 

LEIA MAIS

Jardineira, ainda muito pouco divulgada, é quase um "trem fantasma”. Prefeitura planeja circuitos com várias paradas

Espaço, incluindo o restaurante, funciona de quinta a domingo

Prefeitura planeja espaço com wifi gratuito e degustação de cerveja artesanal para se tornar polo turístico

Publicidade
TAGS: Turismo