Estudante friburguense é finalista em concurso para eleger logo da rede estadual

Desenho de aluno do Ienf é um dos mais cotados; votação vai até terça
sexta-feira, 06 de setembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O desenho de Pedro Henrique Lobo (Reprodução da web)
O desenho de Pedro Henrique Lobo (Reprodução da web)

A Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro lançou um concurso para eleger o logotipo do uniforme da rede pública de ensino. A etapa final do concurso conta com 15 artes feitas pelos estudantes de todo o estado. O estudante Pedro Henrique Lobo, do Instituto de Educação de Nova Friburgo (Ienf), de 19 anos e que cura o último ano do ensino médio, está entre os finalistas.

Participam do concurso somente os alunos da rede estadual. A votação vai até terça-feira, 10, data em que também será anunciado o vencedor.

Pedro se inspirou nos principais pontos turísticos do estado na hora de elaborar o desenho. O Cão Sentado desenhado por eleestá bem cotado para estampar os próximos uniformes.

“A educação é a base de tudo, ela forma pessoas que, apesar de tudo que passam, fazem tudo para semear a paz. Por isso o desenho tem o Ciep, instituição que só existe no Rio de Janeiro, a Região Serrana representada pelo Cão Sentado, principal ponto turístico de Friburgo, a praia e o barco, o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar em referência à cidade do Rio”, explicou o estudante, que sonha cursar Design, mas no momento quer ingressar em uma faculdade de publicidade.

Para votar na arte do Pedro e escolher a prata da casa, é fácil. Basta acessar a página do Facebook da Seeduc-RJ, acessar o link e curtir a foto. Até a atualização desta notícia a arte de Pedro era a segunda mais curtida, ficando atrás do primeiro colocado por quase mil curtidas. 

 

LEIA MAIS

Creches e escolas voltam a funcionar normalmente nesta quarta; dia 26 tem nova audiência no MPT para prefeitura apresentar proposta

Formandos de Sistemas de Informação obtiveram nota máxima no Enade

Sepe não reconhece Sinsenf: “Eles não têm representatividade. Aquela reunião foi mais um teatro do que algo real”

Publicidade
TAGS: Educação