Estradas de acesso a Friburgo já estão em operação especial para o fim do ano

RJ-116, por exemplo, tem obras suspensas até 6 de janeiro
sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
por Lyvia Stael (lyvia@avozdaserra.com.br)
A RJ-116 na serra (Arquivo AVS)
A RJ-116 na serra (Arquivo AVS)

Pegar a estrada no final de ano é praticamente uma tradição. A maioria das pessoas quer aproveitar o período de férias ou festejar a chegada do próximo ano em locais diferentes. Principalmente depois do Natal, milhares de carros descem e sobem a serra. O trânsito nas rodovias costuma ter um aumento significativo do fluxo de veículos, e é preciso atenção ao pegar a estrada. 

Os órgãos responsáveis pelas principais rodovias que ligam Nova Friburgo a outros municípios realizaram melhorias e operações para o período. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) criou a “Operação Ano Novo”, lançada na sexta-feira, 27, nas rodovias federais do Rio de Janeiro, com aumento das ações de fiscalização e educativas, com foco na prevenção de acidentes e reforço na segurança. 

O policiamento será reforçado nos locais com maior movimento e alto índice de acidentes. O objetivo é coibir a prática de infrações e crimes nas rodovias federais.

A embriaguez ao volante, as ultrapassagens indevidas, motocicletas irregulares, a não utilização do cinto de segurança, entre outras, estarão entre as principais condutas a serem coibidas pelos policiais. Em caso de emergências nas rodovias federais, a PRF deve ser acionada através do telefone 191.

 

RJ- 116 (Itaboraí / Nova Friburgo / Macuco)

Uma operação especial para as festas de fim de ano entrou em ação desde o dia 21 de dezembro e deve permanecer até o dia 6 de janeiro, com equipe de plantão 24 horas. A previsão é de que durante o período, 300 mil veículos tenham passado nos 140 quilômetros concedidos da rodovia. Segundo a Concessionária Rota 116, todas as obras que interferem no tráfego estarão suspensas e apenas os trabalhos emergenciais acontecerão nesse período.

“Os motoristas devem ter atenção redobrada em casos de chuvas, evitando ultrapassagens, principalmente no trecho sinuoso da Serra, entre Cachoeiras de Macacu e Nova Friburgo. Também é importante que fiquem atentos às placas de advertência espalhadas em vários trechos, alertando sobre a travessia de animais silvestres”, alerta Edyano Bittencourt, superintendente da concessionária.

Serviços - Em caso de emergência os motoristas devem ligar para o 08002820116 para serviços como guinchos, viaturas de inspeção de tráfego, ambulâncias-resgate, caminhões para apreensão de animais, carro-pipa e equipe especializada para atendimento a acidente envolvendo produtos perigosos, que estarão posicionados em locais estratégicos da rodovia, durante 24 horas.

Pedágio - A tarifa nas quatro praças de pedágio é de R$ 6 para carros de passeio, R$12 para veículos de dois eixos com rodagem dupla, e R$ 24 para autos de três a seis eixos, o valor é de R$ 6 por eixo. Motocicletas são isentas da tarifa. Todas as quatro praças de pedágio (Itaboraí, Cachoeiras de Macacu, Furnas e Macuco) estarão operando normalmente.

 

RJ-130 (Teresópolis / Nova Friburgo) e RJ-142 (Mury / Lumiar / Casimiro de Abreu)

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) realizou uma operação de melhorias em parceria com as prefeituras. Segundo Claúdio Foly, assistente do diretor do órgão, nessas rodovias o fluxo de veículos chega aumentar 50% no final de ano.

No início de novembro foram realizados trabalhos de recuperação da malha viária em determinados pontos, implantação e reimplantação de defensas metálicas, desobstrução de bueiros, melhorias no recuo dos pontos de ônibus e atendimento da demanda das comunidades locais, como implantação de quebra-molas e redutores de velocidade eletrônicos.

Serviços - Em caso de emergência os motoristas devem ligar para o 193 e acionar o Corpo de Bombeiros. O DER possui uma equipe de plantão que estará trabalhando no período, caso haja alguma emergência nas rodovias, além da parceria com o Batalhão da Polícia Rodoviária Federal.

 

LEIA MAIS

Folia começa hoje com desfile dos blocos de embalo

Rede hoteleira de Friburgo prevê ocupação de 80% dos leitos

Mais de 58 mil pessoas se envolveram em acidentes nos últimos 10 anos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito | Turismo