"Estaremos no carnaval 2016", garante presidente da Imperatriz de Olaria

Ricardo Alves atribui retorno da escola "àqueles que vestem a camisa" da agremiação
terça-feira, 12 de maio de 2015
por Jornal A Voz da Serra
A empolgação dos integrantes da vermelho e branco, com destaque para Alessandra (e) e Betão (c) (Divulgação)
A empolgação dos integrantes da vermelho e branco, com destaque para Alessandra (e) e Betão (c) (Divulgação)

A quadra da escola de samba Imperatriz de Olaria viveu uma noite de festa no domingo, 10. Roda de samba e apresentações da bateria Swing Total, da nova diretoria para o período 2015/2017, da nova comissão de carnaval e dos novos mestre-sala e porta-bandeira, saudados com entusiasmo, inclusive com direito a entrada triunfal na quadra e fogos de artifício. O presidente Ricardo Alves mostrava-se empolgado com a casa cheia, ritmistas, passistas, velha-guarda, e agradeceu a todos que têm colaborado com a vermelho e branco nestes 39 anos. Anunciou o retorno ao carnaval de Nova Friburgo em 2016 “graças àqueles que vestem a camisa da escola”. Comentou que muitos não o conhecem, mas ele já tem 30 anos dedicados à Imperatriz. E enfatizou: “Não é fácil, mas estaremos no carnaval 2016, sim”, declaração pela qual foi muito aplaudido.

Noite de apresentações

Em clima de festa, Ricardo Alves apresentou sua nova diretoria, eleita no dia 31 de março passado, para o carnaval dos 40 anos: Ailton Pacheco, vice-presidente administrativo; Nelson Mello, vice-presidente de patrimônio; Anderson Muniz de Campos, vice-presidente de esporte; Deigre Silva, vice-presidente do Departamento Carnavalesco; Valéria Cristina Gomes, vice-presidente de propaganda; Genivaldo Goulart, vice-presidente de relações públicas; João Marcos Santiago, vice-presidente social; Fernando V. dos Santos Agre, vice-presidente de finanças; Ricardo Figueira, vice-presidente jurídico; Maria Sinesia Galdino, primeira-secretária; Gilda Domingos de Souza, segunda-secretária; José Francisco Rohen, primeiro-tesoureiro; e Ivo Guimarães Dias, segundo-tesoureiro.

Ricardo Alves exaltou a importância de retornar com a agremiação ao carnaval de 2016 no momento que a Imperatriz de Olaria vai completar 40 anos e afirmou que isto deixou de ser uma necessidade e passou a ser uma questão de honra. “Falar de 40 anos da Imperatriz de Olaria sem relembrar todos aqueles que passaram e contribuíram para que hoje sejamos reconhecidos desta forma seria a mesma coisa que não dizer quem foi Davi Urias [fundador e primeiro presidente]”. Fabrício, filho do saudoso Davi Urias, afirmou que há anos não sentia tanta emoção na escola e via tantas pessoas com um só energia.       

O diretor de carnaval Deigre Silva também agradeceu a presença de componentes das demais escolas e frisou que “carnaval não se faz com uma escola só”. E comunicou que a Imperatriz não terá carnavalesco, e sim, uma comissão de carnaval, composta por Alfredo Fraga, Alexandre Corguinha, Gabriel Vila Nova e Ailton Pacheco. Deigre ainda apresentou a rainha da bateria, Annie Vianna, e o mestre de bateria Fred, por mais um ano.

Também foram apresentados o diretor de barracão, Genivaldo Goulart; a equipe do barracão, integrada por Antônio Carlos, Carlinho Bombeiro e Loirinho; comissão da velha-guarda: Humberto Damasceno, Julio César Veiga e Conceição; comissão de harmonia: Sirley, Horeste, Guto, Pretinho, Sinesia e Gilda; diretores de bateria: Edmilson, Elton, Felipe e Dida da Cuíca; diretora da ala de passistas: Fátima Féu; coreógrafo da comissão de frente: Haroldo Vieira; intérprete oficial: Kaisso; e componentes do carro de som: Ezequiel, Paulinho Guaraná, Rodrigo Moreno; no cavaco: Marlon e Átila; e no violão: Lucas Brito.

Mestre-sala e porta-bandeira

Porém, o destaque da noite ficou por conta da apresentação do mais novo reforço da Imperatriz: adentrou triunfalmente a quadra, diante do rufar dos tambores e fogos de artifício, o novo casal de mestre-sala e porta-bandeira, Betão e Alessandra. Muito aplaudidos e cumprimentados, deram um show com as cores vermelho e branco diante dos muitos flashes de fotos, pois todos faziam questão de registrar aquele momento. Somaram-se a eles o segundo casal de mestre-sala e porta-bandeira, Alessandro e Patrícia.

Betão comentou estar feliz por voltar à Imperatriz, mas também agradeceu à Vilage “por ter cuidado da gente até agora”. E acrescentou: “Agora, aqui na Imperatriz, temos muito que fazer”. Já Alessandra preferiu falar da acolhida. “Eu fui muito bem recebida e estou muito feliz com a escolha que fiz.”

E nesse alto-astral o samba rolou até tarde, deixando todos os que presenciaram o espetáculo confiantes num desfile sem igual em 2016.

LEIA MAIS

Pessoas e empresas têm até 31 de dezembro para investir na festa e abater o valor do Imposto de Renda

Bloco faz neste domingo coroação da rainha de bateria e lança novo casal de mestre-sala e porta-bandeira

Fundado em 1984, Urubu da Serra volta a ativa para o carnaval de 2019 e se dedica a ações sociais

  • A sede da Imperatriz de Olaria, na Rua Manoel Lourenço Sobrinho (Divulgação)

    A sede da Imperatriz de Olaria, na Rua Manoel Lourenço Sobrinho (Divulgação)

  • Imperatriz de Olaria (Divulgação)

    Imperatriz de Olaria (Divulgação)

  • Imperatriz de Olaria (Divulgação)

    Imperatriz de Olaria (Divulgação)

  • Imperatriz de Olaria (Divulgação)

    Imperatriz de Olaria (Divulgação)

  • Imperatriz de Olaria (Divulgação)

    Imperatriz de Olaria (Divulgação)

Publicidade