Estado inaugura escritório avançado e anuncia sete obras em Friburgo

Subsecretaria de Projetos Especiais irá dar continuidade às contenções iniciadas em 2011
terça-feira, 19 de março de 2019
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Secom/PMT)
(Foto: Secom/PMT)

O Governo do Estado do Rio de Janeiro inaugurou nesta segunda-feira, 18, em Teresópolis, um escritório avançado da Subsecretaria de Projetos Especiais da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra). Com objetivo de aproximar os servidores das frentes de trabalho e promover o apoio multidisciplinar para a Região Serrana, como explicou o secretário de  Infraestrutura e Obras, Horácio Guimarães, o escritório inicialmente dará continuidade às obras de recuperação, necessárias em decorrência da tragédia de 2011.

O escritório avançado contará com o trabalho itinerante de uma equipe multidisciplinar constituída de engenheiros, geólogos e assistentes sociais. Estes profissionais irão desenvolver ações correlatas com a gestão e a fiscalização dos contratos e ainda prestar apoio técnico para toda a região do entorno.

Somente para Nova Friburgo são sete contenções previstas, em seis localidades; Duas Pedras/Lazareto; Jardinlândia; Jardim Califórnia; Rui Sanglard (ruas José Poletti e Isaías Medeiros Lopes); Vila Nova; e Floresta (Rua Manoel Elias Perroud). As intervenções, de acordo com a secretaria, encontram-se em processo de licitação.

Segundo a Seinfra, além do município, ainda são contabilizadas na Região Serrana outras duas obras de contenção que estão em processo de licitação: uma em Teresópolis e outra em Bom Jardim. Há, também em licitação, uma obra de galeria de drenagem em Bom Jardim, uma  obra de drenagem de águas pluviais e estabilização de talude em Petrópolis e a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e um sistema de distribuição de água no município de Areal.

Para Teresópolis, especialmente, o governo do estado informou que investe R$ 52 milhões em projetos em tramitação na área de prevenção. São obras de contenção de encostas em diversas localidades da cidade que também estão em processo de licitação. Outras duas contenções já estão em execução na cidade escolhida como sede do escritório avançado.

Além disso, o governo do estado anunciou que existem unidades habitacionais previstas para serem construídas por meio do escritório avançado, sendo 500 em Teresópolis; 120 em Sumidouro; 120 em São José do Vale do Rio Preto; 120 em Itaipava/Benfica; 220 no bairro Mozela, em Petrópolis; e 153 em Areal.

Existe ainda a possibilidade de Nova Friburgo receber um escritório avançado. De acordo com a Seinfra, estão sendo realizados estudos no sentido de viabilizar futuras instalações em outras localidades do estado do Rio. Também estão listadas como possíveis sedes dos futuros escritórios as cidades de Petrópolis, também na Região Serrana; Niterói, na Região Metropolitana; Volta Redonda, no Sul Fluminense; e Macaé, no Norte Fluminense.

Publicidade