Enredo sobre Friburgo no carnaval 2018 ainda é incerto

Nova diretoria da Cubango alega falta de acordo com a prefeitura
terça-feira, 16 de maio de 2017
por Dayane Emrich
Foto de capa
O estandarte da Cubango, escola que pode homenagear Friburgo em 2018 (Foto: Arquivo AVS)

Após anunciar o enredo sobre o bicentenário de Nova Friburgo para o carnaval de 2018, a Acadêmicos do Cubango, tradicional escola de samba de Niterói, voltou atrás na decisão. De acordo com a nova diretoria da escola, eleita no último dia 7 de maio, o tema está temporariamente suspenso e o motivo é a falta de um contrato com a prefeitura.

“Friburgo ainda está sob análise. Este é um enredo da antiga diretoria, que não fez nenhum acordo com o governo municipal. Não podemos desfilar o enredo sem antes  fechar parceria com a cidade. Não descartamos a possibilidade, mas estamos com o cronograma atrasado e, por isso, estamos pesquisando outras opções”, disse o conselheiro soberano, Antônio Pedro Bezerra.

Apesar do dilema, a escola subiu a Serra nesta terça-feira, 16, para uma apresentação, às 19h, na quadra da Unidos da Saudade, no Bairro Ypu. “Faremos uma homenagem ao aniversário da cidade, que em breve completará 200 anos. O evento, no entanto, não tem ligação com a escolha do enredo”, afirma Antônio.

A apresentação contou com a presença da bateria Ritmo Folgado, da verde e branco niteroiense, sob comando do mestre Demétrius, além do intérprete, Leandro Malandro (que é de Friburgo), e da ala das passistas. A Cubango desfila na Série A (Grupo de Acesso) do Rio de Janeiro e havia divulgado que o município seria enredo do Carnaval 2018 em março.

Vale destacar que  A VOZ DA SERRA tentou contato com o recém eleito presidente da Cubango, Rogério Belisário, mas até a publicação da reportagem não obteve retorno. Por causa do feriado de aniversário da cidade, não foi possível ouvir a  prefeitura, já que não houve expediente dos órgãos municipais.

Sobre a Cubango

A escola foi fundada em dezembro de 1959 e possui cerca de 2.500 componentes. A agremiação desfilou no carnaval de Niterói até meados dos anos 80 quando, junto da Unidos do Viradouro, decidiu participar dos desfiles na Sapucaí. No carnaval deste ano, a escola ficou em oitavo lugar com um enredo sobre o cantor e compositor carioca João Nogueira.

Publicidade
Agora Faz
TAGS: