Enfermeira lança campanha para arrecadar toucas para crianças com câncer

Funcionários da Escola Municipal Santa Paula Frassinetti, no Paissandu, também aderiram ao movimento doando novelos de linhas de crochê
sexta-feira, 12 de julho de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Juliana Alvarenga com uma das crianças que ganharam toucas (Arquivo pessoal)
Juliana Alvarenga com uma das crianças que ganharam toucas (Arquivo pessoal)

 

A enfermeira friburguense Juliana Alvarenga, que trabalha como técnica de enfermagem na pediatria do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Rio, desde 2015, teve uma bela ideia para ajudar as crianças do instituto a se protegerem neste inverno, principalmente nos dias mais frios. De acordo com Juliana, a campanha “Por um sorriso de criança” existe desde 2015 e agora ganhou mais simpatizantes dispostos a colaborar com a causa. 

Com ajuda de amigos, a enfermeira conseguiu arrecadar principalmente toucas, como também brinquedos, roupas, calçados, perucas e bonés que foram entregues às crianças em tratamento de câncer assistidas pela instituição Casa Ronald e o Inca.

 “Permaneço com a campanha e continuo fazendo publicações nas rede sociais para que mais pessoas possam aderir e assim arrecadar as touquinhas para as crianças que durante o tratamento perdem os cabelos. Essa corrente do bem é que me faz sentir um ser humano melhor. Ver o sorriso das crianças não tem preço. Às vezes reclamamos tanto da vida e essas crianças, mesmo na dor, estão sorrindo e lutando pela vida”, disse a enfermeira.

A campanha ganhou eco depois que a diretora da Escola Municipal Santa Paula Frassinetti, no Paissandu, Brenda Storck, visualizou  a postagem de Juliana e aderiu ao movimento. Brenda compartilhou a ideia com a sua equipe escolar e os funcionários colaboraram com a doação de novelos de linhas de crochê para a confecção de 30 toucas, produzidas pela funcionária Sueli Stroligo.

“Nós ficamos muito felizes em poder ajudar. Isso nos faz rever nossos problemas e pensar o quanto são pequenos comparados às dificuldades dos outros. Ficamos ainda mais felizes ao saber que as crianças ficaram felizes ao receber a doação. Enquanto educadores, esperamos ser a esperança neste mundo tão ferido de hoje”, falou a diretora.

Doação de sangue e medula óssea

Além de arrecadar toucas para as crianças, Juliana pretende iniciar uma campanha junto ao Hemocentro de Nova Friburgo para estimular a doação de sangue e também garantir que parte do material coletado seja designado às crianças do Inca. Outro desejo da enfermeira é ampliar a parceria com a prefeitura para reunir doadores de medula óssea em Nova Friburgo, também para o Inca. Os dois projetos ainda não tem previsão para serem colocados em prática. Juliana informou que primeiramente é preciso apresentar a proposta à Prefeitura de Nova Friburgo.

Consultada por A VOZ DA SERRA sobre as possibilidades de parcerias com o hemocentro para beneficiar as crianças com câncer em tratamento no Inca, a Prefeitura de Nova Friburgo informou que considera muito nobre a iniciativa da profissional e está de portas abertas para receber as sugestões.

 

LEIA MAIS

Praça do Viagra recebe alimentos e ainda há outros 3 pontos para doação de agasalhos espalhados pela avenida

Mesa Brasil destina donativos às principais instituições assistenciais das cidades participantes do evento

Próxima edição do projeto que oferece gratuitamente serviços sociais e de saúde será em Amparo, em 18 de agosto

Publicidade