Embaixador suíço vem a Nova Friburgo para lançar projetos

Áreas de cultura, educação e gastronomia serão beneficiadas por integração entre os dois países
quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Faltam pouco mais de 80 dias para a celebração do bicentenário de Nova Friburgo, a ser comemorado no próximo 16 de maio. A ocasião marca também o início das celebrações pelos 200 anos da imigração suíça no Brasil e para dar a largada nos festejos, o embaixador da Suíça no Brasil, Andrea Semadeni, visita Nova Friburgo nesta quinta-feira, 22. Ele vai lançar projetos apoiados pelo país europeu nas áreas de cultura, educação e gastronomia. O evento de apresentação dos projetos será as 19h30, no Nova Friburgo Country Clube.

 “Ao longo de 2018 teremos muitas ações para celebrar a integração de Nova Friburgo com a Suíça. Em maio, auge das festividades, teremos a visita do presidente do parlamento suíço e de autoridades de dois cantões: Fribourg e Jura”, adianta Andrea Semadeni. O trabalho de digitalização de documentos históricos de Nova Friburgo, realizado pela Fundação Dom João VI desde 2007, começará a chegar às escolas do município e da Região Serrana com o apoio do governo suíço.

O acervo do projeto Pró-Memória Digital, que reúne jornais, manuscritos, livros, mapas e documentos raros dos séculos 19 e 20, poderá ser acessado pelos estudantes nas próprias escolas, o que certamente irá tornar as aulas de história mais ricas e interativas. Para isso, a Suíça destinará dez chromebooks à Fundação Dom João VI, que vão permitir o acesso dos alunos ao material que conta com detalhes toda a história da chegada dos suíços a Nova Friburgo a partir do decreto real.

As relações entre Nova Friburgo e a Suíça também vão ganhar as telas de cinema. Quatro jovens cineastas foram selecionados para viajar até Fribourg - a cidade irmã de Nova Friburgo em terras suíças - e buscar histórias e personagens das trocas entre os dois países. O resultado poderá ser visto em quatro curtas-metragens que serão exibidos no Festival Internacional de Filmes de Fribourg (FIFF), que acontecerá de 16 a 24 de março.

O festival em Fribourg vai apresentar também filmes produzidos por jovens cineastas suíços que estiveram em Nova Friburgo no fim do ano passado com o mesmo objetivo. Ainda na área do cinema, o evento contará com o lançamento de dois minidocumentários: um sobre a Casa Suíça - centro de referência da cultura suíça em Nova Friburgo - e um sobre a Sociedade Filantrópica, ambos realizados pelo cineasta Guilherme Rezende.

A participação suíça nos festejos do bicentenário de Nova Friburgo não para por aí. Para animar a festa dos 200 anos, não poderia faltar uma boa cerveja. E a cervejaria Capitão Bock criou uma especialmente para a ocasião. A cerveja comemorativa da imigração suíça no Brasil é uma lager, forte e maltada, produzida em parceria com o cervejeiro Charles André Favre, da cervejaria Favre Baum.

O coquetel que será servido hoje durante o evento de apresentação dos projetos com participação da Suíça terá a assinatura da Escola Superior de Gastronomia da Universidade Candido Mendes, que também terá este ano oficinas com nomes de destaque da gastronomia suíça. 

A grande festa de aniversário de Nova Friburgo acontece em 16 de maio com uma programação toda especial, mas as comemorações se estenderão por todo o ano. As ações são promovidas pelo Consulado Geral da Suíça no Rio de Janeiro, com apoio da Embaixada da Suíça no Brasil e da Presença Suíça, em parceria com a Prefeitura de Nova Friburgo; o Comitê Nova Friburgo 200 anos e as associações de intercâmbio entre Nova Friburgo e Fribourg, na Suíça.

LEIA MAIS

No contexto dos “bicentenários” de Nova Friburgo, um tema que ainda promete atravessar o tempo

Prefeito e comitiva participaram da inauguração; cidade portuária de onde suíços partiram teve festa com queima de fogos

Em entrevista exclusiva, ele fala de intercâmbios, projetos e parcerias na agenda de sua viagem oficial

Publicidade
TAGS: 200 anos