Diretor-técnico do Raul Sertã pede para sair

Arthur Mattar Gremion Soares deixa o cargo chamando de "incompetente" atual gestão da Secretaria Municipal de Saúde
terça-feira, 07 de maio de 2019
por Jornal A Voz da Serra
A carta entregue por Arthur Mattar Gremion, à qual A VOZ DA SERRA teve acesso
A carta entregue por Arthur Mattar Gremion, à qual A VOZ DA SERRA teve acesso

A VOZ DA SERRA apurou que o diretor-técnico do Hospital Municipal Raul Sertã, Arthur Mattar Gremion Soares, entregou à Câmara dos Vereadores de Nova Friburgo, no fim da tarde desta terça-feira, 7, uma carta em que comunica seu desligamento da unidade.

O afastamento acontece em meio à crise provocada por denúncias envolvendo contratos e que culminou na instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, ainda em curso.

Arthur não explicou suas razões, mas afirmou na carta que seu afastamento se dá por "não compactuar com esta gestão da Secretaria Municipal de Saúde, onde os valores judiciais são mais importantes que os valores humanos". Ele afirmou também que, diante da impossibilidade de mudar o quadro, preferiu se retirar desta gestão, que chamou de incompetente, "onde a lei vale mais que uma vida". Mais detalhes em breve.

Veja a íntegra da carta:

LEIA MAIS

Friburguenses fazem manifestação na praça também contra a reforma da Previdência

Com mato alto e sem dragagem, cursos d’água são ameaça para quem ainda vive em áreas com risco de inundação

Ex-diretor médico do Raul Sertã, Arthur Gremion explica as razões que o levaram a pedir exoneração do cargo

Publicidade
TAGS: saúde | Governo