Dilsinho se apresenta neste domingo e convoca público friburguense

Cantor é uma das atrações do Tarde de Verão, no Country Clube
sábado, 02 de fevereiro de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Dilsinho se apresenta neste domingo e convoca público friburguense

Um dos herdeiros da realeza do samba atual vai subir a serra neste domingo para se apresentar no evento Tarde de Verão, no Country Clube. O evento ainda terá a participação do funkeiro Rennan da Penha. Considerado o “Príncipe do Samba”, o cantor Dilsinho, se apresenta em Friburgo e promete deixar os corações apaixonados pulsando ainda mais forte.

Romântico assumido, no auge de sua carreira, o carioca de 26 anos é autor de composições cantadas por grandes nomes do gênero como Thiaguinho, Sorriso Maroto e Alexandre Pires, sendo a composição mais famosa o hit “Maluca Pirada”, sucesso na voz do “Nêgo Véio” ao Mumuzinho.

No último dia 31, Dilsinho gravou seu primeiro CD e – olha a moral do cara, contou com a participação de ícones da atualidade como Ivete Sangalo, Léo Santana, Ferrugem, Mumuzinho, Dennis, Kevinho, Sorriso Maroto e Luan Santana. “Terra do Nunca”, nas palavras do artista, “em diversos momentos todos serão levados a uma conexão entre os sonhos e a realidade”.

Em meio a uma agenda cheia de compromissos, o cantor tirou um tempinho para falar com A VOZ DA SERRA e se apresentar (como se precisasse) ao público friburguense. Está ansioso (a) pro show? Então segura esse bate papo:

AVS: O que você já ouviu falar de Nova Friburgo?

Dilsinho: Eu sei que tenho fãs maravilhosos em Nova Friburgo.

E essa moral de reunir grandes artistas em seu primeiro DVD?

A gravação foi uma noite inesquecível e especial. O projeto ‘Terra do Nunca’ é a realização de um sonho meu e dos meus fãs. A energia da gravação é algo inexplicável, estávamos realizando um grande sonho naquele momento, recebendo fãs, amigos, família, artistas e todos eles fazem parte do sucesso que estamos conquistando ao longo dos anos

Os seus clipes são produções em formato de filmes. Qual será o próximo lançamento e o que podemos esperar dessa produção?

Estou vivendo um momento ímpar na minha carreira. Estou viajando o país inteiro com o meu show e levando minha música para mais e mais pessoas. Fico muito feliz em olhar e ver que tudo valeu a pena. Para 2019 eu posso adiantar que vem muita coisa boa, fique ligados nas minhas redes sociais.

O que faz um show ser um sucesso: A energia do público ou a energia do artista?

A mistura das energias do público com a do artista é a combinação perfeita para um grande espetáculo.

Como surgiu esse apelido de “Príncipe do Samba”?

Eu gosto de cantar e de falar de amor, sempre foi assim. Comecei a compor ainda adolescente, e o amor era minha inspiração.

Que músicas o público friburguense não pode deixar de ouvir?

Particularmente as músicas românticas sempre nos tocam de uma maneira única, “Telecine”, “Controle Remoto”, “Dúvida Cruel” e a própria “Péssimo Negócio”, são todas músicas que eu curto demais. Além disso, eleger uma música favorita é difícil. Essa  missão eu deixo com o público.

Qual a mensagem você deixa para quem está ansioso para o seu show?

Preparei um show especial. Fico muito emocionado em apresentar em Friburgo. Vamos cantar os sucessos “Refém”, “12 Horas, “Iôiô”, “Péssimo Negócio” e também algumas músicas que o meu público se identifica. Espero todos vocês lá!

 

Publicidade
TAGS: