Dia de todas elas

quinta-feira, 08 de março de 2018
por Jornal A Voz da Serra

 O DIA INTERNACIONAL da Mulher é comemorado hoje, 8, e Nova Friburgo não fica ausente das homenagens. Nada mais significativo para a maior parcela de gênero da população do município que, apesar de tantos elogios, ainda sofre discriminação e imensas dificuldades para exercer plenamente a sua cidadania.

MARIA DA PENHA Maia Fernandes é o rosto de centenas de mulheres brasileiras que ganhou um lugar nos livros de história. Em vigor há mais de dez anos, a lei que leva seu nome conseguiu reduzir em 10% esses índices, ainda que grande parte dos casos não saiam de dentro dos domicílios.

EM QUE PESE os índices de violência, muitas conquistas são atribuídas às mulheres, resultantes da luta por “autonomia e igualdade”. Mulheres jovens, adultas, idosas, negras, não-negras, indígenas, profissionais liberais, donas de casa, políticas, mulheres de todos os segmentos da sociedade brasileira e mundial estão empenhadas em contribuir para o fortalecimento da cidadania e a garantia de seus direitos na área da saúde, segurança, trabalho, habitação, cultura, educação, política, entre outros.

SEGUNDO DADOS da ONU, uma em cada três mulheres no mundo já sofreu violência física ou sexual. Cerca de 120 milhões de meninas já foram submetidas a sexo forçado, e 133 milhões de mulheres sofreram mutilação genital. Relatório realizado pela ONU Mulheres constatou que a taxa de desemprego delas é cerca de duas vezes a dos homens, além de, em todo o planeta, elas receberem 25% menos que eles.

PORÉM, É VÁLIDO lembrar que nunca se falou tanto em direitos da mulher. Do crescimento da militância feminista à aprovação da Lei do Feminicídio no Brasil, as mulheres fazem ecoar suas vozes no enfrentamento do conservadorismo mundial.

AINDA ASSIM, até que o Dia Internacional da Mulher se restrinja simplesmente ao simbolismo das rosas vermelhas, muitas mulheres continuarão reféns de uma invisibilidade gritante, caladas por uma sociedade que infelizmente ainda acha normal tratá-las como objetos.  

A VOZ DA SERRA saúda essas bravas guerreiras. Independente da cor, condição sócio econômica ou religiosa, feliz Dia da Mulher, ou melhor, felizes todos os dias do ano para todas as mulheres.

Publicidade
TAGS: