Dia de Portugal comemorado com solenidade na Praça das Colônias

Autoridades e representantes da sociedade civil relembraram a influência dos portugueses na história de Friburgo
terça-feira, 12 de junho de 2018
por Dayane Emrich (dayane@avozdaserra.com.br)
Autoridades, representantes das colônias de Friburgo e alunos e professores da Escola Municipal Iza Saippa Ranucci participaram do evento
Autoridades, representantes das colônias de Friburgo e alunos e professores da Escola Municipal Iza Saippa Ranucci participaram do evento

Na manhã do último domingo, 10, a Praça das Colônias, no Suspiro, foi palco de mais uma solenidade, desta vez, em comemoração ao Dia de Portugal. Durante a cerimônia, foi relembrada a influência dos portugueses na construção de Nova Friburgo.

Entre as autoridades presentes na homenagem à nação europeia estavam o presidente da Câmara de Vereadores Alexandre Cruz; e o secretário municipal de cultura, Mário José Bastos Jorge. Participaram também representantes das demais colônias friburguenses e da sociedade friburguense.

Além da execução dos hinos nacional brasileiro e português, foi executado o hino de Nova Friburgo. Durante o evento, houve o hasteamento das bandeiras do Brasil, Espanha, Líbano, Japão, Hungria, Itália, Alemanha, Portugal, Pan-africana, Áustria e Suíça e apresentação de dança com um grupo de alunas da Escola Municipal Iza Saippa Ranucci, em Duas Pedras.

A presidente da Colônia Portuguesa, Fátima Serafim, falou sobre a importância da data: “É um dia muito especial, já que comemora-se a presença da comunidade portuguesa pelo mundo todo e também a obra do poeta Luís Vaz de Camões, o gênio da escrita. Em Nova Friburgo, o objetivo da colônia é, claro, resgatar a história da cidade e a participação dos portugueses -- que chegaram antes mesmo dos suíços -- e ajudaram na construção do município”, disse ela.

Fátima destaca ainda a atuação do Grêmio Português de Nova Friburgo. “Neste 11 de junho celebramos 85 anos da fundação dessa entidade, que por muitos anos foi responsável por acolher os imigrantes portugueses e, ainda hoje, atua na preservação da cultura portuguesa e auxilia em questões sociais. Nossas atividades serão reiniciadas em breve com projetos para tornar o grêmio ativo novamente. Haverá muitas surpresas para quem tem origem portuguesa ou mesmo para aqueles que apreciam a cultura desse povo”, destacou.

Durante a solenidade houve também homenagem póstuma a Samuel Antônio dos Santos. “Ele é fundador da Real Banda Euterpe e um dos construtores da paróquia de Santo Antônio”, disse Fátima.

Publicidade
TAGS: