Desmatamento atinge 50 mil metros quadrados de área de preservação

Local atingido fica no entorno de nascentes, no Parque do Desengano. Denúncia foi feita ao Linha Verde
segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Segundo os policiais, a área era desmatada com o auxílio de um trator. Proprietário não foi localizado
Segundo os policiais, a área era desmatada com o auxílio de um trator. Proprietário não foi localizado

Pelo menos 50 mil metros quadrados de uma área de preservação permanente foi desmatada no município de em Macuco, informou a Unidade de Policiamento Ambiental (Upam) do Parque Estadual do Desengano. Agentes estiveram no local no último sábado, 15.

De acordo com a Upam, a vegetação foi retirada com o uso de um trator. Um homem que estava no local informou ser o agrônomo responsável pelas obras e disse aos agentes que o proprietário da área reside no município vizinho de Cordeiro. Os policiais da Upam foram até lá, mas não o encontraram.

Os policiais informaram ainda que não foram apresentadas documentações que autorizassem a realização da atividade no local. O agrônomo foi encaminhado para a 154ª DP, em Cordeiro, para prestar depoimento. A polícia solicitou uma perícia na área desmatada que fica no entorno de nascentes.

O flagrante da Upam ocorreu após uma informação anônima, registrada através da Linha Verde, do Disque Denúncia, pelo telefone 0300 253 11 77. Irregularidades também pode ser informadas à polícia pelo aplicativo Disque Denúncia RJ, onde podem ser anexadas imagens. O anonimato é garantido.

 

Publicidade