De quarta a domingo, Nova Friburgo é dedicada à dança

Além do Sesc Friburgo, evento ocupa as praças Dermeval Barbosa e Getúlio Vargas até domingo
segunda-feira, 02 de julho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
O espetáculo “Na Pista”, da Cia. Urbana de Dança

O Sesc-RJ dá início nesta quarta-feira, 4, à 28ª edição do Encontro Sesc de Dança de Nova Friburgo, um dos mais tradicionais eventos dessa linguagem no estado. Até domingo, 8, companhias profissionais locais e do estado, além de grupos amadores, se apresentam nos palcos da unidade do Sesc Friburgo e nas praças Dermeval Barbosa Moreira e Getúlio Vargas. Entre as atrações, há espetáculos da Cia. Urbana de Dança, de bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e das companhias Vivá Cia. de Dança, Focus Cia. de Dança, Studio 3 Núcleo de Artes e Dança, grupo Toca Madera, além de 20 grupos amadores. As entradas custam R$ 1  (comerciário com carteira do Sesc RJ e meia-entrada) e R$ 2 (público em geral).

O Encontro Sesc de Dança também irá realizar oficinas de Dança Contemporânea, Dança Urbana, Ballet Clássico, Curso de Pedagogia da Dança e Modern Jazz. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no Sesc Friburgo ou pelo telefone: (22) 2543-5000

Entre os destaques da programação deste ano está o espetáculo “Na Pista”, da Cia. Urbana de Dança, responsável pela abertura do programa Fantástico, da TV Globo. O espetáculo marca o retorno da às raízes do grupo no subúrbio carioca. Com bom humor e leveza, este novo trabalho, cujo título faz alusão à gíria da periferia que significa liberdade, como uma expressão sinônima a “estar na vida”, explora ritmos e sequências coreográficas que fizeram parte da vida dos jovens dançarinos. Também na programação, a primeira bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Claudia Mota, que junto com o bailarino solista Edifranc dos Santos Alves, apresenta um extrato do ballet “Carmem”, de Alberto Alonso.

A Vivá Cia. de Dança apresenta Pé de Cachimbo, espetáculo de dança contemporânea que interage com o público, convidando-o a mergulhar nas memórias brasileiras da nossa cultura popular. De forma poética e inovadora, o trabalho apresenta a essência do folclore brasileiro: samba de roda, forró, baião, maracatu, catira e quadrilhas. Jogos, brincadeiras e brinquedos do folclore como soltar pipa, estilingue, pega-pega, esconde-esconde, bola de gude, cabo de guerra e também as lendas e mitos como o curupira, boi da cara preta e a Yara sereia do mar constróem a obra.

A Focus Cia. de Dança, que apresenta o espetáculo “Trupe”, investiga o que aconteceria quando se esgotam as emoções do artista e se a força que o leva ao palco acabasse e ele esvaziasse sua alma. Já o Grupo Toca Madera, de Dança Flamenca, apresenta “Transitório”. A partir do poema “A solidão e sua porta” de Carlos Penna Filho, o espetáculo propõe um jogo de mudanças de perspectiva no qual os espectadores estão em constante transição e os intérpretes também. Não existe um ponto de vista único para assistir ao espetáculo e as músicas e as coreografias também se inserem nesse contexto de mutação. Em “Choro, Saudade Choro”, a D.F. Cia. de Dança apresenta de forma poética uma narração de Clarice Lispector.

Já entre as companhias locais está a Studio 3 Cia. de Dança, que apresenta “Carta de Amor”, espetáculo que aborda o ridículo da vida, o amor. Em tempos de dor, discriminação e incompreensão, o novo trabalho da Cia. Studio3, com concepção de Mickael Veloso, é uma ode ao mais encantador e necessário sentimento existente e busca dar movimento a todas essas sensações que surgem quando existe amor.

 A programação ainda traz a apresentação de companhias amadoras, inclusive com espetáculo infantil, dos grupos: In Tempore (Bom Jardim), Galpão Cultural Bom Jardim (Bom Jardim), CIA de Dança Flor de Liz (Nova Friburgo), Escola Petra de Danças Orientais (Nova Friburgo), Escola de Arte e Cultura São Gonçalo (São Gonçalo), Ballet Claudia Araújo (Niterói), Centro de Dança Niterói (Niterói), Dias de Dança (Teresópolis), Casa das Artes DDD (Teresópolis), Interurbanus (Teresópolis), Escola de Dança Adriana Miranda (Duque de Caxias), SESC Nova Friburgo (Nova Friburgo), SESC Campos (Campos), Centro de Movimento Deborah Colker (Rio de Janeiro), Estação da Dança (Nova Friburgo), CIA Valéria Moreyra (Rio de Janeiro), CIA de Dança Arte e Manha (Rio de Janeiro), Ginástica Rítmica Cláudia Massena (Nova Friburgo), Ginástica Rítmica do Colégio Nossa Senhora das Dores (Nova Friburgo), Studio 3 (Nova Friburgo), Centro de Dança Niterói (Niterói), NFCC Escola de Dança (Nova Friburgo) e Escola de Dança Edu Cigano (Nova Friburgo).       

 

SERVIÇO:

28º Encontro Sesc de Dança de Nova Friburgo

De 4 a 8 de julho de 2018

Sesc Nova Friburgo: Av. Presidente Costa e Silva, 231

Telefone: (22) 2543-5000

Entrada: R$1 (comerciário com carteira do Sesc RJ e meia-entrada) e R$ 2 (público em geral)

Classificação: livre

 

PROGRAMAÇÃO:

4 de julho (quarta-feira)

Praça Demerval Barbosa Moreira e Praça Getúlio Vargas

14h

Focus Cia. de Dança – Espetáculo “TRUPE”

5 de julho (quinta-feira)

Sesc Nova Friburgo

19h

Cia. Urbana de Dança –  Espetáculo “Na Pista” (RJ)

Studio 3 Núcleo de Artes e Dança – Carta de Amor (Nova Friburgo)

Claudia Mota e Edifranc dos Santos Alves –   Bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro - Carmem Suíte

 

6 de julho (sexta -feira)

Praça Dermeval Barbosa Moreira

14h

Grupo Toca Madera – Transitório (RJ)

D.F Cia de Dança

14h30

Companhias Amadoras

Sesc Nova Friburgo

19h

Grupo Toca Madera – Transitório (RJ)

Companhias Amadoras

 

7 de julho (sábado)

Praça Dermeval Barbosa Moreira

14h

Vivá CIA. de Dança – Pé de Cachimbo (RJ)

14h30

Cias. Amadoras

SESC Nova Friburgo

19h

D.F. Cia. de Dança – Choro, Saudade Choro (RJ)

Cias. Amadoras

 

8 de julho (domingo)

SESC Nova Friburgo

16h

Cias. Amadoras – Infantil

Oficinas (Sesc Nova Friburgo):

Grátis

Dança Contemporânea:

Dia 05/07 às 9h - Focus Cia de Dança

Dança Urbana:

Dia 06/07 às 9h - Cia Urbana de Dança

Ballet Clássico:

05 a 08 /07 - 9h - Diego Lima

Curso de Pedagogia da Dança

06 a 08 de julho – 9h - Cláudia Araújo

Modern Jazz

Dia 08/07 - 9h - Carlos Fontinelle

 

LEIA MAIS

Evento atraiu 200 grupos de excursão e quantidade de derivado do cacau produzida chegou a 4,5 toneladas

Serão 5 horas de festa com música dançante, cantora do The Voice e bufê sem parar

Balé Stagium e artistas friburguenses sobem ao palco em diversos lugares para esquentar o clima

Publicidade
TAGS: evento