Dança das cadeiras na Prefeitura muda titulares de 5 pastas

Mobilidade, Meio Ambiente, Turismo, subprefeitura de Conselheiro e Controladoria têm comandos trocados
sexta-feira, 06 de outubro de 2017
por Guilherme Alt
Foto de capa
O titular da Mobilidade Urbana, Luiz Felipe Laginestra, é um dos que deixam o cargo (Arquivo)

Já chegam a cinco os nomes de primeiro escalão substituídos, de uma só vez, pelo prefeito Renato Bravo, totalizando dez mudanças de comando de pastas em dez meses de governo. Além das secretarias de Ordem e Mobilidade Urbana, Meio Ambiente e Turismo, as alterações envolvem a subprefeitura de Conselheiro e a Controladoria Geral de Nova Friburgo.

Na Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu), Luiz Felipe Laginestra será substituído por  Marques Henrique de Jesus, atual subsecretário de Posturas. Já é a segunda troca de comando na Smomu. Laginestra, então subsecretário da pasta, assumiu o cargo em fevereiro, quando a arquiteta e urbanista Rosane Monteiro Pinto pediu exoneração, alegando motivos pessoais.

No Meio Ambiente, o secretário Alexandre Sanglard deixará a pasta para assumir a subsecretaria de Planejamento Urbano e atuará no Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Gides). No seu lugar ficará Roberto Cocarelli, que, no momento, ocupa uma das subsecretarias de Meio Ambiente. Nas palavras de Renato Bravo, “Cocarelli é um estrategista, profundo conhecedor de legislação e aprovação de obras”.

No Turismo, o secretário Wilton Neves deixará o cargo para assumir funções no Gabinete do prefeito. Até a atualização desta notícia ainda não havia informações sobre quem assumirá o comando do Turismo, pasta considerada chave por causa das comemorações do bicentenário da cidade, em 2018.

Na Controladoria Geral, o atual titular, Léo Fernandes de Andrade Nunes, dará lugar a Elizabeth Riguetti, que ocupou o mesmo cargo durante o mandato da ex-prefeita Saudade Braga. Riguetti tem experiência administrativa, com passagem pelo Tribunal de Contas do Estado e pela Prefeitura do Rio de Janeiro, na gestão de Eduardo Paes.

A subprefeitura de Conselheiro Paulino será confiada a Lucimar Corrêa, que assume no lugar de José Luiz Paixão. Hoje funcionária do gabinete do prefeito, Lucimar é ex-presidente da Alunos do Samba e ex-candidata a vereadora.

Renato Bravo assegurou que as mudanças nada têm de caráter pessoal. “Pelo contrário, são pessoas que vão para outras funções onde possam ser mais bem aproveitadas. Eu não tenho receio de fazer essas alterações porque o meu compromisso é com a população”, afirmou.

Troca-troca

A saída de Rosane Pinto da Smomu, em fevereiro, foi a primeira a mudança nos principais postos do governo Bravo. No mesmo dia, o farmacêutico Rodrigo Romito deixou o comando da Secretaria de Saúde, por determinação do Comitê Gestor da Saúde. O posto foi ocupado interinamente pela médica Michelle Silvares Duarte de Oliveira, integrante do comitê, até março, quando a enfermeira Suzane Oliveira Menezes, cedida pela Prefeitura do Rio de Janeiro, assumiu a pasta.

Em abril, a professora Josanne Marchon de Oliveira pediu exoneração da Secretaria municipal de Educação alegando “questões familiares”. O posto foi ocupado interinamente pelo subsecretário Igor Pinto. Em meados de junho, Renato Satyro assumiu o comando pasta. Ele já havia ocupado a posição no governo de Rogério Cabral.

Em julho, o advogado e engenheiro mecânico Amaro Gervásio Filho deixou a Secretaria municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissionalizante e Superior, também alegando razões pessoais. Ele tinha assumido  o posto em março, depois de sair da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Trabalho, que passou a ser comandada pelo vereador Christiano Huguenin (PMDB). A pasta de Ciência está sendo gerida interinamente, até hoje, pelo subsecretário Bruno Lannes.

Fora do primeiro escalão, em agosto a Subsecretaria de Comunicação também passou por mudanças internas. Nos corredores do Palácio Barão de Nova Friburgo comentam-se mais mudanças à vista em postos-chave e subprefeituras do governo municipal.

 

LEIA MAIS

Ela toma posse prometendo priorizar ações de limpeza e mutirões emergenciais, além de parcerias

Após eventos do feriadão Laginestra assumirá outra secretaria; Marques Henrique assumirá seu lugar dia 16

Pendência com o ministério impedia que alunos recebessem diplomas e que faculdade pudesse fechar oficialmente as portas

Publicidade
Agora Faz
TAGS: secretariado