Corrida neste sábado marca comemorações pelos 32 anos de São Pedro da Serra

Prova às 16h deste dia 30 terá boa parte realizada em estrada de terra batida, pela região da Bocaina dos Blaudt
sexta-feira, 29 de março de 2019
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Corrida em homenagem a São Pedro da Serra terá maioria do percurso em estrada de chão
Corrida em homenagem a São Pedro da Serra terá maioria do percurso em estrada de chão

Um dos distritos mais belos a aprazíveis de Nova Friburgo faz aniversário, e o esporte participa das comemorações através do atletismo. Como parte do calendário de corridas e das celebrações em São Pedro da Serra, a Corrida e Caminhada do distrito terá a segunda edição promovida neste sábado, 30, às 16h, integrando a programação da Festa de Emancipação da localidade, que completa 32 anos como distrito de Nova Friburgo (confira abaixo).

O belo percurso é um dos grandes atrativos do evento. Há as opções de cinco e dez quilômetros, ambas com largada na praça principal de São Pedro da Serra. Boa parte da prova, cerca de 80%, será realizada em estrada de terra batida, pela região da Bocaina dos Blaudt. O menor percurso retorna pela própria localidade e é um pouco mais leve, enquanto nos dez quilômetros os corredores prosseguem por mais um trecho, com dificuldades programadas, à exemplo de subidas íngremes.

Esta vai ser a segunda prova oficial dentre as programadas para o Circuito Friburguense. A primeira foi a Corrida da Mulher e Admiradores, com a participação de 200 atletas, sendo 136 mulheres. Vitória Régia, Renata Nunes e Rogerinho foram os vencedores na ocasião.

 “O calendário está bem amplo, com várias distâncias e gostos, para quem está começando e para quem é experiente. A gente tem a Corrida da Mulher para incentivar a mudança de vida. Todo início de ano temos as intenções de fazer dietas, praticar exercícios. O evento incentiva os primeiros passos para sair do sedentarismo, abrindo o circuito de corridas da cidade. Temos vários depoimentos sensacionais por conta da corrida”, conta Jacqueline Abreu, atleta e uma das organizadoras da Corrida da Mulher e Admiradores.

Próximos eventos

O calendário de competições de atletismo em Nova Friburgo prevê pelo menos dez eventos programados dentre percursos em pistas e trilhas, através da organização da Associação de Corredores Friburguenses (Ascof). Logo no final do próximo mês, no dia 28 de abril, acontece a Uphill Desafio das Pedras, Etapa Furnas, onde os competidores a encaram percursos íngremes nas montanhas friburguenses.

No dia 2 de junho é a vez da Friburgo Meia Maratona, realizada em percurso plano pelas ruas da cidade, com premiação em dinheiro para os vencedores no geral e nas faixas etárias, e com opções de percursos de seis ou 21 quilômetros. Neste mesmo mês, no dia 20, acontece a Corrida e Caminhada de São João Batista, promovida em parceria com a Diocese de Nova Friburgo.

A Corrida e Caminhada dos Bancários será realizada no dia 25 de agosto, e para o mês de setembro, no dia 22, está programada a Super Maratona, com percurso de 50 quilômetros. Uma das novidades para este ano é o Meeting Serrano, a ser promovido no dia 20 de outubro, com as opções de 1.500 e cinco mil metros. Já em 10 de novembro, está prevista a corrida noturna Friburgo Night Run.

Encerrando o calendário oficial de corridas, o 3º Desafio Guerreiros da Serra está previsto para acontecer no dia 1º de dezembro, em parceira com o 11º Batalhão da PM. O desempenho em cada uma dessas provas conta pontos para o Circuito Friburguense, e ao final da temporada, os melhores colocados no masculino e feminino são premiados.

“Há provas para todos os gostos e tipos de percursos. Este ano, por exemplo, nós teremos a volta da prova noturna, que não acontece há três anos e é muito pedida pelos corredores”, explica o professor José Augusto.

As dez corridas realizadas durante o ano contam pontos para o Circuito Friburguense de Corridas. Todos os participantes somam pontos no ranking, do primeiro ao último colocado, e no final da temporada é feita a soma para premiar os vencedores. Vale destacar que corredores de outras cidades também podem participar.

“É um sistema em que todos pontuam de forma automática. A prova vale mil pontos, e o sistema do computador já contabiliza de acordo com a classificação do atleta. O Circuito Friburguense é aberto a todos os corredores interessados, tanto de Nova Friburgo como de outros”, finaliza.

LEIA MAIS

São pelo menos dez eventos programados entre percursos em pistas e trilhas. Junho, por exemplo, tem Meia Maratona

Com retorno às competições, atleta passou a se arriscar também em provas fora do estado

Com 4 horas, 59 minutos e 41 segundos, ele foi o mais rápido nos 60 quilômetros

Publicidade
TAGS: corrida