Cônego ganha novo espaço cultural: Solar da Arte

Exposições de Mário Moreira e Leila Caçador inauguram antigo sonho da professora Jane Ayrão
sexta-feira, 27 de setembro de 2019
por Ana Borges (ana.borges@avozdaserra.com.br)
O Solar da Arte (Foto: Henrique Pinheiro)
O Solar da Arte (Foto: Henrique Pinheiro)

Finalmente, um sonho da professora Jane Ayrão, “há muito guardado no coração”, está se tornando real, ganhando vida e forma, “através do sensível olhar do grande estilista Virgílio Santos”. Com a inauguração do Solar da Arte, a cidade ganha um novo espaço cultural e artístico, nesta segunda-feira, 30, a partir das 18h, no Cônego, brindando o público com as exposições "Madeiras que contam histórias", do artista plástico e escultor Mário Moreira, e "Olhares - Bonecas”, de Maria Leila Caçador - artista plástica mineira.

Segundo sua idealizadora e proprietária, o espaço tem o objetivo de acolher as diversas faces da arte, “proporcionando aos participantes, vivência criativa e aprendizagem de técnicas artísticas inspiradas nos princípios da autonomia, liberdade, solidariedade e respeito ao bem comum”, ressaltou Jane.

A professora, referência no cenário teatral de Friburgo, através do Taca (Teatro Amador do Colégio Anchieta) pretende promover ali, uma convivência harmônica,”onde as pessoas possam expor suas ideias alimentando a pesquisa, ressignificando conceitos, explorando  novos materiais e assim, contribuir sobremaneira para um fazer artístico pleno e inovador. No mundo atual, é importante apostar na criatividade que rompe barreiras, desafia o impossível e revela ‘beleza’ como festa para os olhos dos apreciadores da arte”, destacou.

Diversas atividades serão desenvolvidas no Solar, como exposições de arte, lançamento de livros, saraus, rodas de poesia, palestras, esquetes, monólogos, além de projetos sociais. E não só. Do projeto constam também inúmeras oficinas: teatro, cinema, música, escultura, modelagens, arte do papel, vivências criativas, contação de histórias, colônia de férias artística, pintura , yoga para adultos e crianças, danças circulares, dança de salão e muito mais. 

A equipe é composta por: Jane Ayrão (direção geral); Virgílio Santos (administração); Jeany Amorim (coordenação pedagógica); Ana Regina Pereira (assessoria acadêmica); e Walma Turque (coordenação musical). Aproveitando a divulgação da nova casa de cultura, Jane convida o público para a inauguração do Solar da Arte e reitera a sua confiança na fase que agora se inicia, através da expressão poética de Ferreira Gullar: "A arte existe porque a vida não basta".

Endereço: Rua Dom joão VI, 46, Cônego. 

 

LEIA MAIS

Todas as lives são transmitidas pelos canais oficiais dos artistas pelo YouTube

Confira as opções de cultura e lazer no Entretê!

Objetivo de estimular a arte e a cultura durante a quarentena. Veja como participar

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: cultura