Cinturão do UFC será a maior conquista da história esportiva de Nova Friburgo

Praça terá grande festa com telão para acompanhar duelo entre Marlon e Cejudo pelo título vago dos pesos-galos
sábado, 08 de junho de 2019
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Os duelistas da principal luta deste sábado (Reprodução da web)
Os duelistas da principal luta deste sábado (Reprodução da web)

Um sonho de menino que pode se tornar realidade neste sábado, 8. Marlon Moraes, nascido e criado no bairro  Cordoeira, luta para ser mais um brasileiro a alcançar o feito de conquistar o cinturão do UFC, a maior organização de lutas do planeta.

O lutador friburguense, de 31 anos, enfrenta Henry Cejudo pelo título vago dos pesos-galos da organização, em Chicago, nos EUA, na luta principal do UFC 238. Esta, sem dúvida alguma, seria a maior conquista da história esportiva do município.

 “Chance única, um marco na minha carreira. Pretendo aproveitar e me tornar o novo campeão do peso. Espero uma parte de wrestling muito forte por parte do Cejudo, mas estou mais preparado do que nunca, e vou entrar para essa luta com muita vontade de ser campeão. Eu treinei muito para esse momento, inclusive com o Frankie Edgar, que foi fundamental pelo jogo de wrestling forte. Pretendo utilizar todas as qualidades que aprendi com ele”, destaca Marlon.

Nova Friburgo estará mobilizada para acompanhar o combate, e uma grande festa foi programada para a Praça Dermeval Barbosa Moreira, no Centro, com direito a uma programação variada a partir das 20h deste sábado, 8. A luta vai ser exibida por um telão de led, e a expectativa é que centenas de fãs se reúnam na torcida por Moraes. O evento, realizado pela iniciativa privada em parceria com a Prefeitura de Nova Friburgo, terá entrada gratuita e atrações como food trucks, cerveja artesanal, distribuição de brindes e música com o DJ Tony C.

Preparação

O camp de Marlon foi todo realizado nos EUA, onde treina com a equipe desde antes da definição do combate. Nomes importantes do MMA, em todas as modalidades, fizeram parte da preparação, incluindo o Mestre Anderson França, com quem começou nas artes marciais e cultiva uma forte amizade, apesar de atualmente defenderem equipes diferentes.

“O Anderson é um grande amigo meu, um mestre, e a já treinamos juntos há muito tempo. Ele vai estar sempre me ajudando e isso é muito importante para o meu jogo também”, disse Marlon.

Ex-campeão dos pesos-galos do WSOF, o friburguense Marlon Moraes tem 22 vitórias, cinco derrotas e um empate na carreira. Em cinco lutas no UFC, o lutador venceu quatro a perdeu apenas uma, justamente a sua estreia, diante de Raphael Assunção. Na sequência, ele venceu John Dodson (por pontos), Aljamain Sterling e Jimmie Rivera (nocautes) e a revanche contra Assunção (finalização).

Neste último compromisso, “Marlon The Magic” finalizou o pernambucano aos 3 minutos e 17 segundos do primeiro round, no evento principal do UFC Fortaleza, e desta forma chegou ao primeiro lugar no ranking da categoria.

LEIA MAIS

Friburguense mostra garra, mas acaba sendo nocauteado por Cejudo no terceiro assalto

Responda ao quiz e mostre que está preparado para a luta deste sábado

Nos bastidores da grande luta deste sábado, algumas histórias do “Marlinho” contadas por amigos e por seus pais

Publicidade
TAGS: UFC