Chuva faz aumentar para 6 número de imóveis interditados

Além de Lumiar, houve deslizamento em Mury. Defesa Civil registra quedas de árvores, quedas de barreiras e alagamentos de ruas
quinta-feira, 08 de novembro de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)

Subiu para dez o número de pessoas que ficaram desalojadas em Nova Friburgo nesta quinta-feira, 8, por causa das chuvas que caíram sobre a cidade nos últimos dias. A Defesa Civil informou que, até o fim da tarde, cinco casas em Lumiar e uma em Mury tiveram que ser interditadas devido a quedas de barreiras. Os desalojados estão em casas de parentes. A cidade permaneceu durante todo o dia em estado de atenção.  

Em 24 horas, choveu, em média, 57,12 milímetros no município, o que provocou quedas de árvores, deslizamentos de terra e alagamento de ruas. A precipitação máxima foi de 111,98 mm em Lumiar. Um vídeo que circulou pelas redes sociais mostra que a ponte no Encontro dos Rios, justamente distrito, foi quase encoberta pela força das águas. Granja Spinelli foi o local que menos choveu (19,68 mm).

A chuva também afetou o itinerário de duas linhas de ônibus na cidade. De acordo com a concessionária de transporte Faol, Vargem Alta estava seguindo pelo Stucky até o Bar do Pedro e voltando pelo calçamento por conta da queda de parte da estrada. O ônibus que faz a linha Rio Bonito estava indo até Galdinópolis, porque o trecho de um estrada foi inundado pelo rio.  

Segundo a Subprefeitura municipal de Lumiar e São Pedro da Serra, a estrada de Rio Bonito ficou parcialmente interditada, mas o tráfego de veículos fluía lentamente no início da tarde. Houve uma queda de barreira e formação de lama próximo ao trevo de Galdinópolis. Equipes da Subprefeitura e a Secretaria Municipal de Obras estiveram no local fazendo a limpeza da pista.

Já em Vargem Alta, a prefeitura explicou que parte de uma ponte de concreto, localizada na estrada João Heringer, a principal da localidade, cedeu durante a madrugada de quinta-feira, 8. Segundo o governo municipal, funcionários da Secretaria Municipal de Obras iriam ao local ainda na tarde de quinta-feira, 8, para uma avaliação e reparo da ponte.

Para esta sexta-feira, 9, o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, prevê mais chuva para Nova Friburgo. O céu deve ficar totalmente encoberto, sem aberturas durante o dia, e há possibilidade chuvas isoladas. A temperatura deve variar entre 14 e 17 graus. No fim de semana, também deve chover.

O município vizinho de Santa Maria Madalena sofreu ainda mais com as chuvas dos últimos dias. Os distritos de Santo Antônio do Imbé, Triunfo e Osório Bersot foram os mais atingidos pelas águas, que derrubaram muros, arrastaram carros, invadiram casas e destruíram ruas. Moradores perderam vários pertences.

O prefeito Beto Verbicário se reuniu com o secretário estadual de Defesa Civil, coronel Roberto Robadey, e pediu ajuda ao governo do estado. Até o último boletim divulgado pela prefeitura, 16 pessoas estavam desalojadas. Equipes das Secretarias de Saúde, Assistência Social, Obras e da Defesa Civil estiveram mobilizadas durante todo o dia para auxiliar a população afetada pelas chuvas.  

 

LEIA MAIS

Para Christiane Mussi, reúne potencial para o turismo de montanha, mas precisa investir no setor

Evento vai reunir boas opções de arte, música e cultura de 10 a 18 de julho

Motivo é o fenômeno El Niño, que vem influenciando o clima no Brasil desde o verão

Publicidade
TAGS: Clima | Chuva