Casa Suíça é oficialmente inaugurada, em Conquista

Espaço cultural abrigará atrações de dança, música, palestras, seminários e workshops
terça-feira, 15 de maio de 2018
por Dayane Emrich (dayane@avozdaserra.com.br)
Durante a inauguração, a banda fanfarra do College St-Michel, da Suíça, se apresentou e emocionou os presentes (Fotos: Claudio Carpi)
Durante a inauguração, a banda fanfarra do College St-Michel, da Suíça, se apresentou e emocionou os presentes (Fotos: Claudio Carpi)

Em meio à agitada agenda de eventos e atrações do mês do aniversário de 200 anos de Nova Friburgo, foi realizada na última segunda-feira, 14, a inauguração oficial da Casa Suíça, que fica na Queijaria Escola, em Conquista, distrito de Campo do Coelho. Diversas autoridades municipais e da Suíça participaram da solenidade, que teve música e discursos sobre questões históricas, econômicas e a respeito da parceria entre Nova Friburgo e a Suíça.  

Embora já estivesse aberta ao público, de acordo com a prefeitura, a proposta é que o espaço cultural passe agora a servir de palco para atrações como dança, música, palestras, seminários e workshops. Durante a inauguração, a fanfarra do College St-Michel, da Suíça, fez uma apresentação especial, que emocionou os presentes.

Em seu discurso, o prefeito Renato Bravo ressaltou a amizade entre os povos: “podemos testemunhar e celebrar a inauguração deste importante espaço cultural para Nova Friburgo. O município celebra seu bicentenário com mais uma demonstração de união e parceria entre os povos friburguenses e suíços”, disse ele.

Além de Renato, estiveram presentes o presidente do Conselho Nacional da Suíça, Dominique de Buman; a primeira-dama e coordenadora do Comitê 200 anos, Cristina Bravo; vereadores de Nova Friburgo; o presidente da Colônia Suíça, Geraldo Thurler; o diretor superintendente da Colônia Suíça, Juvenal Condack; o presidente da Associação Fribourg Nova Friburgo, Raphaël Fessler e demais autoridades.

Além da celebração do bicentenário, Nova Friburgo também comemora os 40 anos da Associação Fribourg-Nova Friburgo (AFNF) que promove o intercâmbio entre o município e a Suíça. Na Casa Suíça encontra-se o Memorial da Colonização Suíça, que começou a ganhar forma em 1996 com a construção do Teatro Pierre Kaelin. O espaço é dividido em quatro pavimentos reunindo biblioteca, objetos históricos, réplicas  e exposições.

A Casa Suíça está aberta para visitação diariamente, das 9h às 18h. A entrada do Memorial da Colonização custa R$ 1.  Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (22) 2529 4358.

LEIA MAIS

Primazia friburguense no pioneirismo da imigração alemã no país e incontestável

Obra em homenagem aos 200 anos de Nova Friburgo foi doada pelo artista plástico Gerson Portella

Em janeiro de 2020, o Bicentenário da Vila de Nova Friburgo

Publicidade
TAGS: 200 anos