Campeão da Libertadores e do Brasileirão, Flamengo poderá jogar em Friburgo

Será a estreia do clube, que também é campeão carioca, fora de casa, caso Frizão se classifique na seletiva do Estadual e ganhe mando de campo
quarta-feira, 27 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O estádio Eduardo Guinle precisa dar entrada na renovação de licenças
O estádio Eduardo Guinle precisa dar entrada na renovação de licenças

Nova Friburgo pode ser a primeira cidade do Estado do Rio  e a segunda do país a receber uma partida oficial do Flamengo, campeão da Libertadores e do Brasileirão 2019, informa Wanderson Nogueira na sua coluna, "Observatório".

Isso acontecerá em janeiro, caso o Friburguense se classifique em segundo lugar na seletiva do Estadual. A tabela marca a estreia do Flamengo, atual campeão carioca, fora de casa, diante do segundo colocado da seletiva, a ser disputada por Friburguense, América, Macaé, Nova Iguaçu, Americano e Portuguesa.

Após a final do Mundial, caso o Flamengo chegue lá, o time não joga mais em 2019. Só voltará a campo em janeiro para disputar a Supercopa Brasil, torneio ressuscitado pela CBF entre os campeões da Copa do Brasil e do Brasileiro, ou seja, Atlético-PR e Flamengo. O confronto será em jogo único, a princípio, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O segundo jogo em solo nacional do rubro-negro pós-Mundial é na estreia do Estadual. Partida essa que terá mando de campo do segundo colocado da seletiva. Ou seja, pode ser o Friburguense. Isso quer dizer também, que em busca de faturamento, esse clube pode optar por jogar em um estádio maior, talvez até mesmo fora do Estado do Rio.

Aqui ou outro estádio

Se o Friburguense se classificar na seletiva, ou se for o segundo da seletiva, poderá ter o mando de campo. Deve-se levar em consideração que o tricolor serrano tem estádio, ao mesmo tempo em que está em dificuldades financeiras enormes.

No momento, o estádio Eduardo Guinle está apto a receber torcida, mas com número limitado de torcedores. O clube dará entrada na renovação das licenças nos órgãos competentes como o Corpo de Bombeiros e PM nos próximos dias.

Numa eventual partida dessa dimensão em Nova Friburgo, o clube terá que correr atrás de recursos para realizar diversas adaptações, como saídas extras para incêndio, conseguindo assim a permissão para receber a capacidade máxima do estádio, estimada atualmente em oito mil torcedores. Outrora já teve até 15 mil.

As atuais licenças permitem uma capacidade até duas mil pessoas, desde que viabilizados uma quantidade extra de seguranças e outras estruturas que encarecem as partidas. Por óbvio, não está na cabeça do Friburguense esse hipotético confronto com o time que pode ser o melhor do mundo.

Outro foco

O pensamento tricolor é fixo em fazer bonito na seletiva e se classificar para a fase principal, de preferência em primeiro lugar. Nesse caso, o Flamengo deixa de ser o adversário, em casa, que passa a ser o Madureira, fora de casa.

Isso tudo é longínquo para a comissão técnica que projeta a partida de estreia na seletiva diante do Nova Iguaçu, fora de casa, no dia 21 ou 22 de dezembro. No histórico tricolor, as estreias fora de casa sempre resultaram em grandes campanhas. Fora de casa, a pressão é do mandante e um empate não é mau resultado.

LEIA MAIS

Decisão promete: Friburguense reencontra o único rival que o derrotou até agora

Vitória na última rodada deu a liderança da primeira fase ao Country Club

Eduardo Guinle deve receber o aval definitivo para os jogos em breve

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol