Campanha vai à zona rural em busca de doadores de sangue

Ceasa Vermelha vai levar informação para conscientizar a todos de que uma simples atitude pode salvar vidas
sexta-feira, 08 de junho de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Foto de capa

Produtores rurais, feirantes e atacadistas que forem à Ceasa, em Conquista, distrito de Campo do Coelho, na próxima quarta-feira, 13, terão a oportunidade de conhecer os procedimentos para doação de sangue. A campanha Ceasa Vermelha vai levar informação para conscientizar a todos de que uma simples atitude pode salvar vidas.

“Vamos estar lá das 8h30 ao meio-dia, junto com uma equipe do hemocentro, para esclarecer todas as dúvidas da população sobre a doação de sangue. Muitas pessoas deixam de doar porque não conhecem os requisitos e procedimentos. Queremos fazer um cadastro de potenciais doadores”, disse a idealizadora do projeto, Simone Coelho, que além de voluntária, faz transfusões semanais no Hemocentro Região Serrana, que funciona anexo ao Hospital Municipal Raul Sertã.

De acordo com ela, o projeto vai primeiro levar informação aos produtores e moradores da zona rural de Nova Friburgo para, depois, realizar uma campanha de coleta de sangue na Central de Abastecimento de Nova Friburgo (Ceasa). A campanha vai acontecer na véspera do dia 14 de junho, quando os doadores de sangue são celebrados em todo o mundo.

O Dia Mundial do Doador de Sangue fez surgir o movimento Junho Vermelho, mês definido no calendário nacional para lembrar a importância da doação de sangue e buscar mais doadores fidelizados. Hemocentros de todos o país, inclusive o de Nova Friburgo, devem realizar eventos semelhantes.

“A doação de sangue é um ato de solidariedade e que efetivamente salva vidas. Felizmente temos contado com o apoio da população e nossos números mostram isso. Cada bolsa de sangue doada pode salvar até quatro pessoas, é um ato simples que faz toda a diferença”, disse o secretário estadual de Saúde, Sérgio Gama.

A campanha Junho Vermelho também pretende reforçar os estoques para o mês de julho, que, historicamente, registra queda de doadores por causa das férias escolares. Este mês, a Copa do Mundo é mais um motivo para preocupação das autoridades com a frequência dos doadores aos hemocentros.

 “Os brasileiros gostam de assistir a todos os jogos, mesmo quando a Seleção Brasileira não está em campo. Durante o torneio, o número regular de doadores acaba caindo”, afirmou o chefe responsável pelo Setor de Promoção à Doação de Sangue do estado, Neusimar Carvalho.

Em Friburgo, o Hemocentro Regional, atende hospitais particulares credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e outros 13 municípios da região. No mês passado a unidade recebeu 283 doadores, o que representa menos de 20 doadores por dia. O ideal é atender a 40 doadores para manter o estoque regular. Para este Junho Vermelho, o hemocentro também realizará uma campanha especial, mas a programação só será divulgada na próxima semana. Os interessados em doar devem procurar o banco de sangue de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30. A capacidade é para 50 atendimentos diários.


Requisitos para doar sangue

  • Portar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho certificado de reservista ou carteira do conselho profissional).
  • Estar bem de saúde.
  • Ter entre 16 e 69 anos. Menores de idade devem ter autorização dos responsáveis.
  • Pesar no mínimo 50 quilos.
  • Não estar em jejum. Evitar alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação.

 

Publicidade
TAGS: