Cachaças da região conquistam prêmios no Concurso Mundial de Bruxelas

Bebidas produzidas no Carmo e em Friburgo tiveram destaque na Etapa Brasil de Destilados, que aconteceu este mês em Recife
segunda-feira, 30 de abril de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Purinha: paixão nacional em destaque na serra fluminense (Reprodução da internet)

A Etapa Brasil de Destilados do Concurso Mundial de Bruxelas 2018 rendeu bons resultados para a Região Serrana do Rio. As cachaçarias Da Quinta, do Carmo, e Fazenda Soledade, aqui de Nova Friburgo, ganharam destaque no evento, que aconteceu neste mês, em Recife, capital de Pernambuco. A cachaças Carvalho, Da Quinta, e Bálsamo, da Fazenda Soledade, receberam a Medalha Duplo Ouro em suas categorias.

E não parou por aí. A cachaça Amburana, Da Quinta, conquistou Medalha de Ouro, enquanto a Ipê, da Fazenda Soledade, ficou com a Medalha de Prata. As premiações de cada categoria eram divididas em Duplo Ouro, Ouro e Prata. Além das bebidas da região, outras cachaças do estado também foram premiadas no evento. Dentre elas, a cachaça Coqueiro, de Paraty, a Reserva do Nosco, de Resende, a Tapinuã dos Reis, de Silva Jardim, e a Santa Rosa-Essence, de Valença.

De acordo com o Sebrae, entidade apoiadora das empresas participantes no estado e responsável por desenvolver projetos de aprimoramento do segmento, ao todo, as cachaças fluminenses receberam 13 medalhas. Ainda segundo o Sebrae, as medalhas Duplo Ouro, recebidas pelas cachaças do Rio, representam 21,7% do total de todas as marcas brasileiras premiadas nesta categoria.

Esta é a 16ª edição do Concurso Mundial de Bruxelas-Brasil. Considerada uma das principais competições do gênero no país, o evento itinerante é organizado por uma empresa belga, em parceria com uma revista brasileiro do setor de vinhos. A premiação é dividida em medalhas de prata, ouro e duplo ouro. Segundo os organizadores, o concurso tem como objetivo dar visibilidade para o crescimento da qualidade dos produtos brasileiros.


 

Publicidade
TAGS: