Blogs e sites de notícias na mira do TSE e de partidos

Legendas assinam termo se unindo contra reprodução de fake news. Para Fux, imprensa é fonte primária de informação
quarta-feira, 06 de junho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
O ministro Luiz Fux, presidente do TSE (Reprodução: TSE)

Blogs e sites de notícias que reproduzem pela internet notícias falsas ou ultrapassadas, sem o compromisso com a verdade e a isenção que o dever jornalístico pressupõe, devem redobrar a atenção. Preocupado com a disseminação de fake news durante nas eleições deste ano, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, e representantes de dez partidos políticos assinaram nesta terça-feira, 5, um termo de compromisso no qual se comprometem a "manter o ambiente de higidez informacional, de sorte a reprovar qualquer prática ou expediente referente à utilização de conteúdo falso no próximo pleito".

Assinaram o termo DEM, PCdoB, PSDB, PDT, PRB, PSC, PSD, PSL, PSOL e Rede.

No dia 28 de maio, após uma palestra, Fux disse que até o final de junho a Justiça Eleitoral vai emitir novas resoluções para ajudar no combate às fake news nas  eleições de 2018. "Temos um conselho composto por órgãos de inteligência, temos o apoio da Polícia Federal, do Ministério Público e, acima de tudo, temos a imprensa, que é a fonte primária das nossas indagações sobre se uma notícia procede ou não", frisou.

Após a assinatura do termo, Fux afirmou que, além do apoio da imprensa, é importante contar com a colaboração de partidos no combate às notícias falsas para a manutenção da ética e da legitimidade no ambiente eleitoral. "Nós entendemos que, além de todas as providências até então adotadas, nós deveríamos também ter como colaboradores não só a imprensa, mas também os partidos políticos”.

 

LEIA MAIS

Batista foi condenado por abuso de poder político em posto de saúde

Niteroiense tem estreitos laços com Nova Friburgo, de onde vem sua família

Total de aptos a votar subiu de 149 mil para 152 mil desde as últimas eleições; perfil foi divulgado pelo TSE

Publicidade
TAGS: eleições