Audax fatura Taça Verão para Amputados após treinamentos em Nova Friburgo

Equipe comandada por Luiz Mendonça reúne jogadores de várias cidades da região e de São Paulo
terça-feira, 12 de março de 2019
por Vinicius Gastin
Jogadores ouvem as instruções do técnico Luiz Mendonça: título com 100% de aproveitamento
Jogadores ouvem as instruções do técnico Luiz Mendonça: título com 100% de aproveitamento

O ano de 2019 começou de forma especial para o time de futebol para amputados Audax. A equipe, que pelo menos uma vez por mês treina em Nova Friburgo, estreou nas competições da temporada já com a conquista de um título, e diante de um adversário tradicional no cenário do deporto nacional. Os comandados de Luiz Mendonça bateram o São Paulo na decisão, e foram campeões da primeira edição da Taça Verão de Futebol para Amputados de Rio das Ostras, promovido entre os dias 23 e 24 de fevereiro.

A competição, realizada no município da Região dos Lagos, contou com a participação de quatro equipes: além do Audax, o anfitrião Faro, o São Paulo e o Bola Pra Frente, este último uma espécie de time B do tricolor paulista. De acordo com o regulamento, foram dois jogos no primeiro dia, já para a definição dos finalistas, com as disputas pelo título e pelo terceiro lugares acontecendo no dia seguinte. No jogo de estreia, o Audax venceu o Faro por 3x2, eliminando o time da casa e garantindo vaga na grande decisão. Já o São Paulo venceu o Bola pra Frente por 8x0, e também avançou para disputar o título.

Na grande final, o time comandado por Luiz Mendonça venceu o São Paulo em duelo movimentado e bastante equilibrado por 3x2, e assim levantou a taça de campeão do torneio. Na disputa por terceiro e quarto lugares, o Faro bateu o adversário paulista pelo placar de 1x0.

O Audax em Nova Friburgo

Uma vez por mês, os jogadores do Audax se reúnem e realizam treinamentos em um complexo esportivo de Olaria. O grupo é composto por pessoas de Nova Friburgo, Cordeiro, Rio Bonito, Sepetiba, Rio de Janeiro e outras regiões do Estado. No comando está Luiz Mendonça, ex-técnico da base e dos profissionais do Friburguense, e que dentre outros, também dirigiu a Seleção Brasileira para Amputados.

“O nosso objetivo é divulgar essa modalidade de futebol para amputados, é uma ressocialização. De repente, encontramos alguém que tenha sofrido algum acidente, ou tenha sofrido outro problema de amputação de membro superior ou inferior e gostava de praticar esporte. Qualquer um que queira pode participar do projeto”, resume o treinador.

Além do dia reservado aos treinos, o calendário é preenchido com apresentações, sem nenhum tipo de valor, apenas o custeio de transporte para levar os jogadores até o local do evento e lanche para atletas e comissão técnica. Outro pedido é que seja cobrado um quilo de alimento perecível na entrada do ginásio ou campo, para que o montante seja distribuído para alguma instituição de caridade do município anfitrião.

Em 2018, o Audax contava com dois grupos de jogadores. Um deles diretamente ligado a São Paulo, sede principal da equipe, e o outro no Rio de Janeiro, totalizando aproximadamente 30 jogadores. Desse total, 12 a 13 atletas estão no estado fluminense, e vêm a Nova Friburgo para realizar as atividades. Paralelamente acontecem atividades em São Paulo. Quando possível, acontece a reunião de todo o grupo para a realização de um treinamento na sede do Audax.

A nível de competição, durante o ano passado, o clube participou do Campeonato Paulista e ficou com o vice campeonato, sendo derrotado pelo Corinthians na final. A princípio sem a intenção de participar de grandes competições oficiais em 2019, o Audax planeja algumas viagens internacionais. E pelo menos três convites já surgiram para apresentações no Japão, Inglaterra e Itália.

  • Foto do time campeão: primeiro desafio da temporada terminou com o troféu de primeiro lugar

    Foto do time campeão: primeiro desafio da temporada terminou com o troféu de primeiro lugar

  • - Competição em Rio das Ostras reuniu o Audax e mais outras três equipes

    - Competição em Rio das Ostras reuniu o Audax e mais outras três equipes

Publicidade