Atividades nesta quinta no Sesc voltadas para diabéticos

Além de oficinas, palestras e orientações com endocrinologistas
quarta-feira, 13 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Atividades nesta quinta no Sesc voltadas para diabéticos

Para lembrar o Dia Mundial do Diabetes, celebrado nesta quinta-feira, 14, a Associação dos Diabéticos de Nova Friburgo (Adinf) programou diversas atividades para alertar a população sobre os riscos que a falta de tratamento da doença podem acarretar na população. O diabetes é uma doença silenciosa, ocasionada por distúrbios na taxa de glicose no sangue e que, em alguns casos, pode requerer a aplicação diária de insulina. Na programação preparada pela Adinf estão previstas oficinas, palestras e orientações com endocrinologistas amanhã, 15, no Sesc.   

As atividades alusivas ao Dia do Diabetes, no entanto, começaram na última segunda-feira, 11, na Adinf, que fica anexa à fábrica Ypu, com testes de glicemia e palestra com o endocrinologista Max Kunzel; na terça-feira, 12, foram oferecidos testes gratuitos de glicemia e uma palestra com a nutricionista Zelina Eccard. As atividades continuam amanhã, 15, no Sesc (Avenida Presidente Costa e Silva, 231), com palestras com as endocrinologistas Rafaela Siqueira, Thaís Lengruber, Mayara Peres e Karinne Marfort; as nutricionistas Natália Adame e Zelina Eccard e psicólogos e dentistas. O evento é aberto a população e terá outras atrações como oficinas, alongamento e teatro. Mais informações pelo telefone (22) 2527-6313 ou pelo e-mail adinf@frinet.com.br.  

Sobre a Adinf

Fundada em janeiro de 2003 a partir da preocupação de pais de crianças diabéticas, que ao perceberem sinais e sintomas da doença em seus filhos, criaram a instituição com o auxílio de profissionais da saúde para melhorar qualidade de vida para os diabéticos e seus familiares. No início a entidade funcionava em uma pequena sala, mas várias pessoas se sensibilizaram com a causa e a associação cresceu.

Atualmente a Adinf oferece aos associados testes de glicemia duas vezes por semana, palestras sobre educação em diabetes e nutrição, atividades como caminhada — monitorada por um fisioterapeuta —, terapia em grupo, reiki, yoga, massoterapia e shiatsu, aulas de artesanato e dança, serviços de massagem, drenagem e consulta com diferentes profissionais da saúde, além de apoio psicológico aos pacientes e familiares dos portadores de diabetes.

Quem não é associado, mas deseja fazer parte da instituição, deve comparecer na sede da entidade, na Avenida Maximilian Falck, no bairro Ypu. No local, será feito o cadastro do interessado, o qual passará a contribuir, mensalmente, com uma taxa. Vale destacar ainda que não é preciso ser diabético para se associar. Familiares e amigos de indivíduos portadores da doença também podem fazer parte da instituição.

 

LEIA MAIS

Para governo, problemas relatados na lavanderia não têm efeito porque vistoria ainda não foi formalizada junto ao Conselho Municipal de Saúde

Lavanderia sem tomadas nem instalação hidráulica faz com que roupa tenha que ser higienizada em Casimiro de Abreu, diz conselheiro

Empresa especializada em segurança eletrônica será contratada pelo valor máximo de R$ 70 mil, por 12 meses de contrato

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde